Ivo Oliveira: «Estava farto de segundos lugares»

Português sagrou-se campeão europeu de perseguição individual

O ciclista português Ivo Oliveira, que este sábado se sagrou campeão europeu de perseguição individual nos Europeus de pista, afirmou que "estava farto de segundos lugares" e referiu ter gerido "bem o esforço" durante a final.

"Estava farto de segundos lugares. Quando passei à final, meti na cabeça que tinha de ser hoje o dia de ganhar a medalha de ouro. Sabia que tinha de gerir bem o esforço e foi o que fiz. Ia olhando pelo canto do olho para controlar o adversário. Também estava a sentir-me bem e a conseguir manter o andamento", disse Ivo Oliveira, em declarações divulgadas pela Federação Portuguesa de Ciclismo.

Esta foi a quarta final de Ivo Oliveira em grandes competições, somando o seu primeiro título, depois de ter conseguido a prata nos Mundiais de 2018 e nos Europeus de 2017 e 2018.

Depois de ter sido o segundo mais rápido na qualificação, Ivo Oliveira deu o segundo título europeu de elites em pista a Portugal, ao vencer a final em 4.08,166 minutos, batendo o italiano Jonathan Milan por 0,655 segundos, em Plovdiv, na Bulgária.

Esta é a quinta medalha para Portugal nos Europeus, depois de Iuri Leitão ter vencido o ouro em scratch, a prata na eliminação e o bronze no omnium, e de Maria Martins ter sido terceira na eliminação.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.