João Almeida 'comanda' Deceuninck no Giro: «Será a 1.ª vez que serei líder desde o início»

Português refere gostar do percurso deste ano

João Almeida confirmou a Record que vai fazer a Volta a Itália desde ano e com maior responsabilidade: "Gostei bastante do percurso do Giro, só tem dois contrarrelógios e não três como o ano passado, mas o objetivo será ir ao Giro como líder", disse-nos desde os Emirados, onde se encontra a disputar a Volta a este país.

O ciclista da Deceuninck-Quick Step, de apenas 22 anos, vai então ser o chefe-de-fila da equipa numa prova onde em 2020 fez história ao envergar a camisola rosa por 15 dias, terminando no quarto lugar.

"É verdade, será a primeira vez que vou ser um líder assumido desde o início e vamos encarar a corrida com tudo o que temos", frisou ainda o ciclista de A-dos-Francos, que diz ter começado "a época em boa forma".

João Almeida, recorde-se, é terceiro classificado na Volta aos Emirados, tendo à sua frente dois nomes consagrados do pelotão mundial: Adam Yates (Ineos), em segundo, e Tadej Pogacar (UAE Emirates), vencedor do Tour de 2020, na liderança.

O ciclista português vai ter, de resto, grande oposição na Volta a Itália deste ano, estando já confirmadas as presenças de Vincenzo Nibali (Trek), podendo tambem alinhar o colombiano Egan Bernal (Ineos), vencedor do Tour de 2019, ou ainda o britânico Simon Yates (BikeExchange).

Por Ana Paula Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.