Paris-Nice: Encosto de Bouhanni vale vitória ao amarela Matthews

Francês da Cofidis desclassificado por sprint irregular

• Foto: EPA

O ciclista australiano Michael Matthews (Orica-GreenEDGE) foi esta terça-feira considerado o vencedor da segunda etapa do Paris-Nice, devido à desclassificação do francês Nacer Bouhanni (Cofidis) por sprint irregular.

O explosivo sprinter francês passou a linha de meta em Commentry na primeira posição, mas viu o colégio de comissários desclassificá-lo na sequência do encosto que deu ao camisola amarela, quando Michael Matthews tentava ultrapassá-lo pelo lado esquerdo.

Analisadas as imagens televisivas da chegada, o australiano da Orica-GreenEDGE somou a sua segunda vitória em etapas, depois de ter conquistado o prólogo. Em segundo, com as 5:04.26 horas, ficou o italiano Niccolo Bonifazio (Trek-Segafredo), com Bouhanni a ser terceiro.

O atribulado e rápido sprint provocou cortes no pelotão, com o primeiro grupo, encabeçado por Alexander Kristoff e composto, entre outros, por Ion Izagirre (Movistar), Tom Dumoulin (Giant-Alpecin), Geraint Thomas (Sky) ou Rafal Majka (Tinkoff), a demorar mais um segundo a percorrer os 213,5 quilómetros com início em Contres.

Rui Costa (Lampre-Merida) chegou na 23.ª posição, a cinco segundos, no mesmo grupo onde estavam favoritos como Alberto Contador (Tinkoff) e Richie Porte (BMC), com o seu irmão Mário a ser 83.º, a 12. Sérgio Paulinho (Tinkoff) foi 142.º, a 35 segundos.

Depois da segunda etapa, animada durante cerca de 200 quilómetros por Matthias Brändle (IAM), Evaldas Siskevicius (Delko Marseille), Anthony Delaplace (Fortuneo-Vital Concept) e Tsgabu Grmay (Lampre-Merida), Matthews lidera a geral com 14 segundos de vantagem sobre Dumoulin, sendo Patrick Bevin (Cannondale) terceiro, a 19.

Rui Costa é o melhor português na geral, ocupando o 36.º posto a 49 segundos, seguindo-se-lhe Mário Costa, 149.º, a 10.27 minutos, e Paulinho, 159.º, a 10.50.

Na quarta-feira, a terceira etapa do Paris-Nice vai ligar Cusset a Mont Brouilly, uma subida de três quilómetros, com uma pendente média de 7,7 por cento, que coroa um percurso de 168 quilómetros.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.