Sporting-Tavira sem Joni aponta a Machado

Com a época prestes a terminar, o mercado de transferências no pelotão nacional agita-se

• Foto: Filipe Farinha

O regresso a Portugal de Tiago Machado, depois de vários anos no estrangeiro, a hipótese de a W52-FC Porto subir de escalão e ainda o facto de o Sporting-Tavira e a Efapel quererem em 2019 realizar uma época bem mais positiva do que a anterior, nomeadamente na Volta a Portugal, são razões suficientes para agitar o mercado de transferências no pelotão nacional.

Ainda que não seja oficial, nem confirmado por qualquer das partes, Joni Brandão vai deixar o Sporting-Tavira para regressar à Efapel, precisamente a equipa de onde saiu há dois anos para rumar aos leões. "Nas próximas semanas decidirei o meu futuro", disse-nos o 2º na Volta a Portugal, atrás de Raúl Alarcón (W52-FCP).

E para manterem a competitividade e estarem de novo na luta pela vitória na corrida máxima, que ainda não ganharam desde que regressaram ao ciclismo, os leões estão interessados em Tiago Machado, que, contactado pelo nosso jornal, não confirmou, mas também não desmentiu, o eventual interessa do Sporting-Tavira. "Há três equipas que me abordaram, não vou naturalmente dizer quais", frisou o famalicense, garantindo, todavia, que o seu "regresso a Portugal" vai ser em 2019.

Na hora de decidir a equipa que vai representar na próxima época, Machado, que deixa a Katusha e o World Tour, diz que há fatores que vão pesar a favor: "Não escondo que a parte monetária é muito importante. Vivo do ciclismo. Depois será o projeto, o calendário..."

Por Ana Paula Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ciclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.