‘Iron’ Mike Tyson está de volta: O homem mais polémico do boxe dá cartas

Combate com Roy Jones Jr. acontece em setembro

Em qualquer desporto, além de se acompanhar o que se passa no presente e as estrelas em ascensão, há momentos em que é refrescante lembrar o passado. Especialmente quando vemos uma lenda regressar ao sítio onde foi feliz e arrastou multidões com ela. No boxe todos se levantam e ficam atentos na hora em que se fala em ‘Iron’ Mike.

Mike Tyson é o nome mais mítico da história da modalidade e o seu regresso é uma daquelas notícias que deixa um gosto especial e um enorme sentimento a nostalgia nos fãs. O lendário pugilista norte-americano, antigo campeão mundial de pesos pesados, exibiu a sua grande forma física há um mês, num vídeo publicado nas redes sociais onde se mostrava a treinar e dizia a frase: "Estou de volta".

Mike Tyson
Os seguidores de Tyson ficaram a pensar num possível retorno, mas o pugilista esclareceu, num directo a partir da sua conta de Instagram, que a frase que disse não significava nada. "Significa apenas que estou aqui. Que sou capaz de fazer isto", explicou.

A verdade é que depois de muita especulação e de ter feito 54 anos (30 de junho), Mike Tyson anunciou que vai voltar ao ringue a 12 de setembro, em Los Angeles, na Califórnia. Vai defrontar Roy Jones Jr, o compatriota de 51 anos que foi intitulado de ‘lutador da década’ de 90 pela Boxing Association of America. Tyson anunciou o regresso através de um vídeo em que aparecem os dois competidores a treinar, a falar sobre o desafio e os números de ambos. Um vídeo que traz certamente boas memórias aos fãs e os deixam ansiosos para o que se avizinha.

A carreira de Mike Tyson está marcada por várias polémicas, fruto da sua personalidade controversa. Desde a primeira, que ocorreu durante a década de 1980, quando tentou subornar um segurança de um Zoo para lutar contra um gorila, até à última, em 2014 quando teve uma acesa discussão com Nathan Downer num programa de TV após o apresentador ter tocado num assunto sensível ­– a condenação por violação.

Roy Jones Jr.
Mas há outras polémicas. Em 1991 foi acusado e condenado por violação da modelo Desiree Washington e em 1998 arrancou um pedaço da orelha de Evander Holyfield num combate célebre. Também lutou sob o efeito de canábis e usou um pénis falso para fugir ao controlo anti-doping. Declarou falência aos 37 anos, culpando o seu ex-empresário,  e foi detido no Brasil por agressão a um fotógrafo. Demasiados casos para uma só carreira…

Voltando ao ringue, o percurso dos dois lutadores é absolutamente espantoso. Mike Tyson tem 50 vitórias em toda a sua carreira, entre elas, 44 por knockout e só 6 derrotas. Já Jones Jr. Tem 66 vitórias, entre elas, 47 por knockout e só 9 derrotas. Mike Tyson deixou de lutar em 2005, Jones lutou pela última vez em 2018.

Nunca é tarde para ver um combate mítico nunca antes visto, resta ver qual das lendas se vai apresentar em melhor forma e triunfar.

Autor: Jorge Afonso

3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Desportos de combate

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.