Mayweather ironiza após derrota de McGregor: «Vigarista McPerdedor»

Boxeur norte-americano não perdeu a oportunidade

Depois de Khabib Nurmagomedov, também Floyd Mayweather não perdeu a oportunidade para lançar a sua 'boca' após a derrota de Conor McGregor no UFC 257. Mas ao contrário do russo, o boxeur norte-americano optou por deixar uma longa publicação nas redes sociais a atacar o irlandês, na qual aproveitou também para falar do racismo que ainda há no Mundo. Tudo em resposta a uma publicação na qual é questionado por que razão Mayweather é odiado pela sua forma de ser e McGregor adorado.

"Vejo este 'post' e o que posso dizer é que o Mundo sabe o Con Artist McLoser ['Vigarista McPerdedor', numa tradução livre] pode roubar-me tudo e mesmo assim ser amado e eu sou odiado", começa por escrever o Money Man, para depois prosseguir para aquilo que considera ser mais uma prova de racismo no Mundo.

"Isso só para vos mostrar que o racismo ainda existe. Para que conste, este nunca será ou estará no meu nível. Sou apenas diferente, a minha mentalidade está noutro planeta, as minhas qualidades não encontram concorrência em lado algum, sou um vencedor nato e sim, digo muita parvoíce, mas consigo sempre suportá-la. É isso que eles odeiam. É triste ser um rapaz negro saído do guetto, que lidou com racismo durante toda a sua vida, que trabalhou duro para se colocar a si e à sua família numa melhor posição, para depois ser odiado principalmente pelos seus".

Por fim, mais uma 'bicada' a McGregor. "O Conor nem pode ganhar na sua própria modalidade e anda a falar em voltar ao boxe para lutar com o Pacquiao. Ninguém quer ver isso, é como as minhas sobras comerem as minhas sobras", concluiu.

Por Record
7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Desportos de combate

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.