Record

Morte de 'Rafeiro' ainda afeta Conor McGregor

Irlandês recordou tragédia do lutador português

• Foto: Getty Images
Correu o mundo o vídeo de Conor McGregor, de cabeça perdida, a atirar-se ao árbitro do combate entre Charlie Ward e John Redmond, referente ao Bellator 187, mas apenas esta terça-feira se soube efetivamente aquilo que levou o irlandês a perder a cabeça e confrontar o juiz. Ora, numa mensagem partilhada no Instagram, o lutador do UFC admitiu que à sua memória veio uma tragédia que viu no passado, aludindo à morte do português João Carvalho 'Rafeiro', em abril de 2016, e que, por isso, confrontou o árbitro por ter deixado o combate prosseguir quando Redmond estava em evidentes más condições.

McGregor perde a cabeça e agride um árbitro
"O árbitro Marc Godard estava a tomar uma decisão horrível, ao tentar levantar um lutador inconsciente e ao obrigar a luta a continuar no segundo round. Mesmo contra os desejos do seu treinador. A luta já tinha terminado! Depois de ter visto um lutador meu numa luta onde o pior aconteceu e o seu adversário perdeu a vida em consequência dos ferimentos, pensei que o pior poderia voltar a acontecer. Acabei por perder a cabeça e reagi de forma impulsiva. Peço desculpa a todos", escreveu o lutador do UFC.

Lembre-se que o lutador português perdeu a vida em 2016, na altura com 28 anos, devido aos ferimentos sofridos num combate precisamente com o irlandês Charlie Ward. A sua morte abalou bastante o mundo do MMA e teve também um impacto forte no nome mais importante do UFC, que nos dias seguintes deixou uma emocionada mensagem nas redes sociais.



I sincerely apologize for my behavior at last weekends fight event in Dublin. While trying to support a loyal teammate and friend, I let my emotions get the best of me and acted out of line. As a multiple weight UFC champion, executive producer, role model and public figure, I must hold myself to a higher standard. The referee Marc Godard was making a horrendous decision in trying to pick an unconscious fighter up off the floor and force the fight to continue into the second round. Even against the wishes of the said fighters coach. The fight was over. After witnessing my fighter in a fight where the worst happened and the opponent passed away from his injuries on the night, I thought the worst was about to happen again, and I lost it and over reacted. I am sorry to everyone. I sincerely apologize to the Director of the Mohegan Tribe Department of Athletic Regulation, Mike Mazzulli, all the officials and staff working the event, Andy Ryan and his fighter John, two stonch ones that put up a great fight every time. That side will always have my respect, and lastly every one of my fans. I love yous all! I’ve always learned from my mistakes and this will be no different.

A post shared by Conor McGregor Official (@thenotoriousmma) on

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Desportos de combate

Notícias

Notícias Mais Vistas

M