«Vou violar-te, cara...»: o comentário de Adesanya que levou o governo neozelandês a intervir

Lutador nigeriano com passaporte neozelandês tem estado envolvido em polémica depois de um vídeo no Instagram

• Foto: USA Today Sports

Israel Adesanya tem estado nos dias que correm no centro da polémica na Nova Zelândia. O lutador nigeriano de MMA, com passaporte neozelandês, ameaçou o norte-americano Kevin Holland através de um vídeo publicado no Instagram, mensagem que não passou despercebida aos seus 4.6 milhões de seguidores naquela rede social. "Vou violar-te, cara***", disse o nigeriano. A publicação foi posteriormente apagada.

Este vídeo teve tanta repercussão na Internet que levou à intervenção de Grant Robertson, vice-primeiro-ministro neozelandês, que pediu intervenção da UFC. "Temos de levar a violação como um assunto sério. Não é um tema sobre o qual se devam fazer piadas ou comentários frívolos. Agora vai depender do que a UFC fizer", atirou, em declarações à 'Radio New Zeeland'.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Desportos de combate

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.