Advogado do motorista diz que acidente entre Zanardi e o camião era inevitável

Confirmou ainda que os testes toxicológicos e de álcool a que o homem foi sujeito deram negativos

O acidente que envolveu um camião e o italiano Alessandro Zanardi, ex-piloto de Fórmula 1 e vencedor de quatro medalhas de ouro paralímpicas, "foi inevitável", garantiu este sábado o advogado do motorista.

"O meu cliente está muito afetado e, sendo um personagem tão extraordinária [Alessandro Zanardi], fica ainda mais psicologicamente abalado", referiu o advogado do motorista, que testou negativo aos testes toxicológicos realizados.

Ainda de acordo com o advogado Massimiliano Arcioni, o motorista "deixou voluntariamente algumas declarações ao Ministério Público logo após o acidente" e "foi levado em choque ao hospital".

"Confirmo que os testes toxicológicos e de álcool foram negativos. Além disso, a velocidade do camião naquela área, com muitas curvas, foi muito baixa", acrescentou o advogado.

Zanardi, de 53 anos, sofreu o acidente na sexta-feira, durante uma prova que reuniu atletas paralímpicos, com bicicletas adaptadas, quando perdeu o controlo da sua 'handbike' (bicicleta de mão) e embateu contra um veículo pesado.

O antigo piloto de Fórmula 1, que após o acidente foi transportado de helicóptero para um hospital de Siena, sofreu "graves danos cerebrais" e, segundo o boletim clínico divulgado hoje, "vai continuar sedado por alguns dias".

O estado de saúde de Alessandro Zanardi, que na sexta-feira foi submetido a uma neurocirurgia, continua grave, embora estável, e de prognóstico reservado, referem os médicos.

"Os seus parâmetros respiratórios são satisfatórios, embora obviamente estamos a usar um ventilador mecânico", refere o hospital em comunicado, acrescentando que Zanardi permanecerá sedado até pelo menos segunda ou terça-feira e os médicos estudarão o seu progresso.

De acordo com as primeiras reconstruções, Zanardi perdeu o controlo da sua 'handbike' numa curva, invadiu a outra faixa da rodagem e acabou por colidir com um camião que circulava na direção oposta.

"O motorista viu-o na sua frente assim que saiu da curva e, graças a Deus, conseguiu desviar-se em direção à berma da estrada. Dessa forma, o impacto foi lateral e não frontal. As consequências teriam sido ainda piores", afirmou o advogado.

Nascido em Bolonha, em 1966, Zanardi começou a sua carreira como piloto de karts e competiu na Fórmula 1 entre 1991 e 1994 e em 1999, integrando equipas como a Jordan, Lotus, Minardi e Williams.

Sofreu a amputação das duas pernas em consequência do grave acidente sofrido em 2001 no circuito alemão de Lausitzring, numa para o campeonato norte-americano de Fórmula Indy.

Depois deste acidente, 'Alex', como é conhecido em Itália, não abandonou o desporto e iniciou uma carreira vitoriosa como paraciclista, que o levou a conquistar quatro medalhas de ouro paralímpicas e 12 títulos mundiais.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.