Comité de Atletas da Agência Mundial Antidopagem pede "respeito pelo jogo limpo"

Foram dados como exemplos os escândalos de doping revelados pelos relatórios Pound e McLaren

• Foto: Reuters

O Comité de Atletas da Agência Mundial Antidopagem (AMA) considerou esta quarta-feira que é "prioritária" a elaboração de uma carta que reconheça os direitos e responsabilidades do grupo para que se "reconheça e respeite o desporto limpo".

Em comunicado divulgado depois do simpósio da AMA, em Lausana, Suíça, a presidente do comité, Beckie Scott, garantiu que "os desportistas estão frustrados e pedem que se respeitem os seus direitos (...) e se reconheça e respeite o desporto limpo".

Scott referiu-se aos escândalos de doping revelados pelos relatórios Pound e McLaren para comprovar a vontade dos atletas em dar "a máxima prioridade" à elaboração de uma carta de direitos e responsabilidades, que abarquem assuntos como o direito de competir em igualdade de condições, acesso à educação, proteção da privacidade e representação legal, entre outros.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.