F1 motonáutica: Duarte Benavente com 12.º melhor tempo nos primeiros treinos livres

Português fez a sua melhor volta ao rodar em 46,54 segundos

Duarte Benavente
Duarte Benavente
Duarte Benavente
Duarte Benavente
Duarte Benavente
Duarte Benavente

O português Duarte Benavente (Atlantic Team) fez este sábado o 12.º melhor tempo da primeira sessão de treinos livres do Grande Prémio de F1 de motonáutica, que se disputa no domingo, no circuito de Portimão, no Algarve.

Benavente fez a sua melhor volta ao rodar em 46,54 segundos, gastando mais 2,32 segundos do que o sueco Erik Stark (Maverick), vice-campeão do Mundo, que fez o melhor registo da sessão com 44,22 segundos.

Duarte Benavente, o único português a competir na prova rainha da motonáutica e que fez a sua estreia na modalidade em 1999, precisamente em Portimão, persegue a sua primeira vitória na ronda portuguesa, local onde conquistou o seu último pódio, quando terminou em terceiro lugar em 2017.

Benavente disse que está bem preparado para a corrida no Algarve, onde espera "conseguir um bom resultado para começar a temporada com o pé direito".

"Correr em Portugal é sempre especial para mim. Família, amigos e patrocinadores estão aqui e farei tudo para ganhar e subir ao pódio", sublinhou.

Na primeira sessão de treinos livres, o norte-americano Shaun Torrente (Abu Dhabi), atual campeão do mundo em título e vencedor da prova portuguesa em 2018, ficou com o segundo tempo, a 62 centésimos de segundo do sueco.

Torrente vai tentar repetir a proeza alcançada no ano passado no circuito algarvio, no qual foi o mais rápido em todas as sessões de treinos, tendo assegurado igualmente a pole position.

Dos atuais 19 pilotos que disputam o Grande Prémio de Portugal, no circuito de 1.937 metros traçado no rio Arade, em Portimão, quatro já venceram a prova algarvia - Shaun Torrente, Philippe Chiappe (CTIC Sz China), Ahmed Al Hameli (Victory) e Thani Al Qemzi (Abu Dhabi) -, reunindo o favoritismo à vitória para a corrida de domingo.

O tricampeão mundial Philippe Chiappe tem o melhor registo de pódios conquistados em Portugal, com três vitórias em corridas - uma no Porto (2015) e duas consecutivas em Portimão (2016 e 2017) e um terceiro lugar (2018).

A prova portuguesa da F1H2O é este ano a primeira das duas rondas que se realizam na Europa, sendo o calendário do campeonato do mundo de 2019 composto por um total de sete provas, cinco das quais no continente asiático.

A corrida está marcada para domingo às 15:30.

O Grande Prémio de Portugal de motonáutica integra ainda a classe Fórmula 4-S, considerada uma categoria de iniciação.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.