Governo e os apoios para o desporto: «Foi importante entender o dinheiro disponível e alavancá-lo»

Tiago Brandão Rodrigues garante que houve sempre diálogo com os agentes desportivos

• Foto: Lusa

Em resposta a uma pergunta feita por Record, se o Governo se sentiu pressionado, face às muitas criticas e sugestões feitas por diversos setores da área - como os Comités Olímpico e Paralímpico, Confederação do Desporto, federações, entre outros agentes -, a reforçar o apoio ao Desporto em 65 milhões de euros no Plano de recuperação da economia portuguesa e se esse valor foi difícil de negociar com o primeiro-minstro e o ministro da economia, o ministro da Educação e responsável pela pasta do Desporto, Tiago Brandão Rodrigues, disse:
 
"O compromisso com o setor não é de hoje e o Primeiro-Ministro e o ministro da Economia permitiram alavancar os apoios. Foi importante entender o dinheiro disponível e alavancá-lo. Desde o início que houve uma preocupação de alavancar a atividade física e foram tomadas medidas para os agentes desportivos fazerem face a essa retoma. O setor já tinha beneficiado de um total de cerca de 76 milhões de euros", começou por dizer durante a conferência de imprensa de apresentação dos apoios do Governo a diversos sectores, onde estiveram presentes vários ministros.
 
O governante esclareceu ainda ter havido sempre "diálogo com os agentes, federações" e que esse diálogo foi "fundamental para trilhar este caminho".
 
Em resposta a outra questão feita ainda pelo nosso jornal, sobre os apoios de outros países da União Europeia dados aos desporto, Tiago Brandão Rodrigues deixou uma sugestão. "Disponibilizámos 35 milhões de euros de apoio a fundo perdido aos clubes, gostava que essa comparação fosse agora feita. Sabemos que houve anúncios de apoios mas que em muitos casos não foram postos em prática."

Por Ana Paula Marques
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas