Lance Armstrong admite frustração: «Não me deixam sequer jogar ténis de mesa»

Antigo ciclista confessou em 2013 ter recorrido ao doping, foi desclassificado dos títulos no Tour e banido do desporto

Lance Armostrong considera injusto ter sido expulso do desporto para sempre. O antigo ciclista, que em 2013 confessou no programa de Oprah Winfrey ter recorrido ao doping durante a sua carreira, tendo na sequência dessa situação sido-lhe retirado os 7 títulos do Tour, admite que se sente frustrado por não poder fazer qualquer desporto olímpico. 

"Hoje em dia não posso fazer arco e flecha. Não posso jogar badminton. Não me deixam nem jogar ténis de mesa. Quando tudo isso aconteceu, expulsaram de todos os desportos olímpicos para sempre", afirmou Lance Armstrong ao 'Rouleur'.

"A forma como algumas coisas não aconteceram, foram sete anos apagados ... Isso é muito mau para o desporto. Se se tira o título de uma pessoa, deverá entregá-lo a outra. Porque senão, é porque não aconteceu nada, a não ser parecemos todos idiotas. Na Wikipedia, os [sete] anos estão em branco. Há um período em branco durante a Primeira Guerra Mundial; um período em branco durante a Segunda e depois durante os meus sete Tours!", criticou Armstrong, que em maio passado admitiu não se arrepender de ter recorrido ao doping.

"Fiz o que foi preciso para ganhar, fora da legalidade, mas não mudava nada, mesmo tendo perdido muito dinheiro em ações judiciais e de ter deixado de ser um herói para passar a menos do que zero. Mas há sempre coisas positivas e aprendi muitas lições com todo o processo", disse na altura.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Modalidades

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.