Depois dos abusos sexuais, ginástica olímpica dos EUA debaixo de novo escândalo

Treinadora Maggie Haney está a ser investigada

Maggie Haney, treinadora de ginastas olímpicas e campeãs mundiais, está a ser investigada pela USA Gymnastics por abusos verbais e emocionais. Depois do escândalo dos abusos sexuais cometidos pelo ex-médico da equipa olímpica Larry Nassar, um novo caso envergonha a ginástica norte-americana.

Segundo a imprensa norte-americana, Maggie Haney é acusada ainda de pressionar as jovens atletas a treinar e a competir mesmo quando estavam lesionadas.

A presidente e diretora executiva da USA Gymnastics, Li Li Leung, confirmou ter recebido e-mails com informações contra Haney, referindo ainda ter conhecimento destas acusações desde março.

Maggie Haney é acusada de ter gritado, ameaçado, intimidado e assediado ginastas regularmente, de acordo com um email da USA Gymnastics. 

Mais um caso que vai fazer ainda correr muita tinta.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ginástica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.