Ginasta da selecão canadiana detido por crimes sexuais contra menores

Thierry Pellerin utilizou as redes sociais para seduzir as vítimas

• Foto: Reuters

Thierry Pellerin é ginasta canadiano e fotógrafo e esta semana é notícia pelas piores razões. De acordo com a imprensa internacional, o atleta de 22 anos foi detido na semana passada na cidade de Lévis, Canadá, acusado de molestar sexualmente dois menores.

Após pagar uma fiança de 1.500 dólares (cerca de 1.300 euros), o ginasta da seleção canadiana, pela qual conquistou algumas medalhas, encontra-se em liberdade condicional. Pellerin está proibido ainda de contactar as vítimas, de usar internet, assim como máquinas fotográficas ou de vídeo.

As autoridades do Canadá terão começado a investigar o caso no último mês, após uma denúncia de um possível caso de aliciamento de menores.

Segundo revela a imprensa internacional, existem nove acusações contra Pellerin, que responde por crimes como aliciamento de menores e pornografia infantil.

De acordo com a investigação, as duas vítimas tinham entre 10 e 12 anos e os crimes terão acontecido entre 1º de setembro de 2019 e 9 de junho de 2020. Thierry Pellerin, que também é fotógrafos profissional, entrava em contacto com os menores através das redes sociais. A polícia acredita que podem existir mais vítimas.

O início do julgamento está agendado para a 11 de setembro.

Por Marta Correia Azevedo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ginástica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.