Angola vence Moçambique, conquista 'Africano' de hóquei e apura-se para o Mundial

Seleção angolana venceu último jogo da prova por 5-3

Angola conquistou este domingo a primeira edição do Campeonato Africano de hóquei em patins, ao bater Moçambique por 5-3, no último jogo de uma prova que contou com apenas três seleções, qualificando-se para o Mundial de Espanha, em julho.

No jogo da terceira e última jornada da prova, que decorreu no Pavilhão Multiusos do Kilamba, em Luanda, os angolanos já venciam ao intervalo por 2-1 e viram, logo após o recomeço, os moçambicanos empatarem a partida, antes de voltarem rapidamente a marcar mais dois golos, colocando o resultado em 4-2.

Numa altura frenética, em que o jogo ganhou velocidade, com jogadas de parada e resposta, Moçambique falhou uma grande penalidade, e, pouco depois, João Pinto, capitão do Sporting e da seleção angolana fazer o 5-2, cotando-se ainda como o melhor marcador da prova, com seis golos.

Já perto do final do encontro e de grande penalidade, Moçambique fixou o resultado em 5-3.

Com apenas três seleções, pois a África do Sul desistiu à última hora por razões de ordem logística e financeira, o Egito ficou no terceiro lugar, depois de ter sido derrotado na sexta-feira por Angola, por 30-0, e depois por Moçambique, por 12-2.

O primeiro Campeonato Africano das Nações qualificou Angola para o Campeonato do Mundo do Grupo A, enquanto Moçambique, como segundo classificado, vai disputar o Mundial do Grupo B (Taça Intercontinental) e o Egito a Taça Solange.

As três competições vão decorrer em simultâneo entre 07 de 17 de julho, em Barcelona (Espanha), uma inovação da Federação Internacional de Patinagem, implementada desde a edição de 2017, na China, onde Angola obteve a sua melhor classificação de sempre, ao terminar no quinto lugar.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.