Riba d’Ave faz queixa à APCVD

Em causa atos de violência que diz ter sido alvo no jogo de sábado com a Sanjoanense

• Foto: José Reis / Movephoto

O Riba d’Ave deu conta das ações que vai tomar, na sequências de atos de violência que diz ter sido alvo no jogo de sábado com a Sanjoanense, em São João da Madeira. "A equipa e demais elementos da estrutura chegaram ao local onde o jogo iria ser disputado e logo à entrada do pavilhão foi cobardemente agredida por adeptos da A.D. Sanjoanense, os quais não foi possível identificar, dada a ausência da PSP", explica. "Foram arremessadas garrafas cheias de água, tendo inclusive o seu roupeiro sido pontapeado. Foram acendidas tochas no momento em que a equipa se dirigia para a entrada do pavilhão à distância de menos de um metro, com evidente perigo para a integridade física dos jogadores e comitiva."

O Riba d’Ave refere que os factos foram "reportados à PSP e ao delegado dos árbitros", mas pretende fazer "uma exposição detalhada à APCVD (Autoridade para Prevenção e o Combate à Violência no Desporto), bem como às autoridades judiciais".

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Hóquei em Patins

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.