COI promete "trabalhar duro" para manter boxe nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Está a decorrer inquérito à associação internacional de boxe amador

O Comité Olímpico Internacional (COI) vai "trabalhar duro" para manter o torneio de boxe nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, garantiu este sábado o presidente do organismo, Thomas Bach.

"Vamos fazer todos os esforços necessários para proteger os atletas, como sempre fizemos", afirmou Bach, em conferência de imprensa.

As declarações de Bach surgem um dia depois de o COI ter decidido "congelar" o torneio de boxe, devido a um inquérito à associação internacional de boxe amador (AIBA).

"Recebemos um pedido da federação japonesa de boxe, pedindo a realização de um torneio olímpico de boxe. Estamos totalmente de acordo com esse pedido. Queremos que haja um e é por isso que vamos trabalhar duro", assegurou.

A investigação que está a decorrer, de acordo com o COI, "pode levar à retirada do reconhecimento da AIBA" pelo organismo olímpico, que tem "várias razões para grande preocupação" em relação às finanças, bem como à governança e à ética da organização.

O boxe, uma das disciplinas históricas dos Jogos Olímpicos, já havia provocado preocupações ao COI em 2016 no Rio de Janeiro, onde 36 árbitros foram suspensos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Jogos Olímpicos

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.