Van Vleuten: «Não podia abrandar muito»

Ciclista holandesa não se lembra muito da queda

• Foto: Reuters

Os exames médicos revelaram, esta quarta-feira, que o estado de saúde da ciclista Annemiek van Vleuten está estável, após a queda que sofreu no domingo na corrida de ciclismo de fundo dos Jogos Olímpicos Rio'2016.

A ciclista, que saiu, esta quarta-feira, do hospital onde estava a ser tratada revelou que "as lesões não são graves", embora seja difícil "mentalmente (...) especialmente ao acordar", disse Van Vleuten terça-feira no seu site oficial.

"Vou ser levada para um hotel próximo, não na Vila Olímpica, porque eu preciso de descansar e a ideia é que possa recuperar melhor no hotel", disse a ciclista holandesa.

Na sequência da queda, ocorrida numa curva na zona da Vista Chinesa, quando liderava a prova, Annemiek Van Vleuten sofreu uma grave concussão cerebral e três microrroturas na coluna vertebral.

"Annemiek tem recuperado bem. O mais importante agora é que descanse", disse o médico holandês Cees Rein van den Hoogenband.

A ciclista holandesa, que ficou inconsciente depois da queda, admitiu, esta quarta-feira, que não se lembrava do que tinha acontecido.

"Eu sabia que a chuva era traiçoeira. Eu não arrisquei tudo por causa disso, mas eu não podia abrandar muito. Então, não me lembro de nada", concluiu.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ciclismo de Estrada

Notícias

Notícias Mais Vistas