Halterofilista ugandês Julius Ssekitoleko dado como desaparecido

Atleta de 20 anos tinha viajado para o Japão com a restante comitiva do Uganda

• Foto: Direitos reservados

O halterofilista ugandês Julius Ssekitoleko foi esta sexta-feira dado como desaparecido pelas autoridades japonesas, a dias do arranque de Tóquio'2020, tendo falhado um teste à covid-19 e não se encontrando no hotel na cidade de Izumisano.

Segundo as autoridades, o ugandês de 20 anos não se encontra junto do resto do grupo do Uganda instalado naquela localidade, próxima de Osaka, anunciaram esta sexta-feira as autoridades locais.

A última vez que alguém o viu em Izumisano, segundo contam as autoridades, foi por volta da meia noite de quinta-feira para sexta-feira, com o atleta incontactável.

Segundo a imprensa do Uganda, Ssekitoleko viajou como reserva e na esperança de assegurar uma vaga via quota continental, mas preparava-se para regressar ao país natal após ver gorado o sonho.

Os Jogos Olímpicos Tóquio'2020, adiados para este ano devido à pandemia de covid-19, realizam-se de 23 de julho a 8 de agosto de 2021.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tóquio 2020

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.