Simone Biles deixa Aldeia Olímpica e muda-se para hotel: norte-americana não foi sozinha

Mais um caso positivo de covid-19 entre as ginastas norte-americanas em Tóquio'2020

• Foto: Reuters

No mesmo dia em que o diretor-executivo dos Jogos Olímpicos de Tóquio'2020 não descartou o cancelamento de última hora da competição, as ginastas americanas registaram mais um caso positivo na concentração. Kara Eaker, uma das suplentes, junta-se a Leanne Wong, que também já tinha recebido o resultado do teste, e estão as duas isoladas do resto da equipa. A Federação de Ginástica dos Estados Unidos e os treinadores tomaram a decisão de mover as atletas titulares para um hotel na periferia da Aldeia Olímpica, de maneira a evitar a propagação dos contágios.

Simone Biles é uma das desportistas titulares que se isolou. Vencedora de 25 medalhas em Campeonatos do Mundo, 19 de ouro, a norte-americana é a ginasta mais condecorada de sempre do seu país em competições internacionais. Após as cinco medalhas (quatro de ouro e uma de bronze) conquistadas nos Jogos do Rio de Janeiro em 2016, Biles cumpriu um ano sabático em 2017 e voltou ao ativo em 2018.

Recorde-se que a equipa feminina desta modalidade dos Estados Unidos da América é composta por seis titulares e quatro suplentes, sendo que duas destas últimas testaram positivo à covid-19, numa altura em que a competição arranca no próximo sábado, dia 24.

O Comité Organizador do Jogos já se terá pronunciado em relação à decisão, referindo que não comenta as escolhas particulares tomadas por cada equipa.

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ginástica

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.