Bubba Wallace reage à conclusão do FBI: «Estou irritado, pois questionam o meu carácter»

Piloto afro-americano afirma que o que encontrou não era uma corda de garagem

Bubba Wallace já reagiu à investigação do FBI, reafirmando que o que encontrou na sua garagem antes da corrida de NASCAR do circuito de de Talladega, no Alabama, não foi uma corda com um laço para abrir a garagem mas sim um nó de forca. 

"Estou irritado porque as pessoas estão a colocar em causa o meu carácter, a minha dignidade. O que estava na minha garagem não era uma corda com um laço era um nó de forca. Toda a minha carreira, estive em centenas de corridas e nunca vi uma corda de garagem assim", afirmou Bubba Wallace à CNN.

"Se estava lá em 2019 ou só agora, não sei, era um nó de forca. É isto que estou a dizer. Pode não ter sido dirigido a mim, mas alguém fez um nó de forca", referiu ainda.

Lucas Di Grassi comenta caso

Entretanto, o ex-piloto de F1, agora a disputar a Fórmula E, Lucas Di Grassi, comentou o caso no Twitter, considerando 'interessante' todo este incidente.

"O positivo foi que a nossa modalidade manifestou-se contra o racismo de uma forma muito unida. Mas também mostra que hoje em dia as pessoas olham primeiro para as impressões do que para os factos", apontou. 

NASCAR une-se no apoio a Bubba Wallace: a resposta à ameaça ao piloto afro-americano

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Automobilismo

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0