Hamilton faz história numa corrida onde os pneus foram protagonistas

Britânico tornou-se no piloto com mais vitórias caseiras

• Foto: EPA

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) tornou-se este domingo o piloto de Fórmula 1 com mais vitórias no Grande Prémio 'caseiro', ao vencer na Grã-Bretanha pela sétima vez, mesmo com um pneu furado na última volta.

Hamilton, que dominou de 'fio a pavio' a quarta prova da temporada, cumpriu as 52 voltas em 1:28.01,283 horas, deixando o segundo classificado, o holandês Max Verstappen (Red Bull), a 5,856 segundos e o monegasco Charles Leclerc (Ferrari) a 18,474 segundos.

De fora ficou o alemão Nico Hulkenberg (Racing Point), chamado de urgência para substituir o mexicano Sergio Pérez, que acusou positivo à covid-19.

Hulkenberg nem sequer arrancou, devido a um problema no motor do seu monolugar.

Valtteri Bottas, Carlos Sainz e Lewis Hamilton com furos nos pneus dianteiros esquerdos
Valtteri Bottas
Valtteri Bottas
Valtteri Bottas
Valtteri Bottas
Carlos Sainz
Carlos Sainz
Carlos Sainz
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Valtteri Bottas
Valtteri Bottas
Valtteri Bottas
Valtteri Bottas
Carlos Sainz
Carlos Sainz
Carlos Sainz
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Valtteri Bottas
Valtteri Bottas
Valtteri Bottas
Valtteri Bottas
Carlos Sainz
Carlos Sainz
Carlos Sainz
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton

A monotonia da corrida foi interrompida por duas vezes, devido aos acidentes do sueco Kevin Magnussen (Haas), primeiro, e do russo Daniil Kvyat (Alpha Tauri), depois, que fizeram entrar o 'safety car' que reagrupou o pelotão.

As 'escaramuças' mais ativas iam sendo pelo oitavo lugar e envolviam o australiano Daniel Ricciardo (Renault), o britânico Lando Norris (McLaren) e o espanhol Carlos Sainz (McLaren).

No entanto, a duas voltas do final tudo se alterou. O pneu dianteiro esquerdo do finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), que até então tinha sido um fiel escudeiro de Hamilton, cedeu na reta da meta, obrigando o piloto da Mercedes a perder muito tempo até entrar nas boxes.

Com isso, caiu do segundo lugar que ocupou toda a corrida até ao 11.º, o primeiro sem pontos.

Logo a seguir foi o espanhol Carlos Sainz a furar, também o pneu dianteiro esquerdo, e a afundar-se até ao 13.º posto final.

Com os pneus em mau estado, Max Verstappen optou, então, por entrar nas boxes para trocar os quatro pneus e tentar amealhar o ponto extra pela volta mais rápida. Uma decisão que lhe custaria a vitória, pois Lewis Hamilton também sofreu um furo na roda dianteira esquerda à entrada da última volta.

Sem possibilidades de regressar às boxes, o piloto britânico 'rezou' para conseguir terminar em primeiro.

O final 'dramático' de Lewis Hamilton no GP Grã-Bretanha: terminou corrida só com três pneus

"Tentei perceber se ainda faltava muito. Nunca vivi nada assim na última volta. O meu coração quase parou", admitiu o piloto da Mercedes nas entrevistas após o final da corrida.

Com cerca de meio minuto de vantagem para Verstappen antes do furo, Hamilton conseguiu cortar a meta com 5,856 segundos de vantagem para o holandês, que ficou mesmo com a volta mais rápida.

Desta forma, Hamilton chegou às sete vitórias no GP caseiro, um novo recorde, sendo que nunca um piloto tinha cortado a meta em primeiro com um pneu furado.

Daniel Ricciardo acabou em quarto lugar, na frente de Lando Norris e do francês Esteban Ocon (Renault).

O campeão mundial, que persegue um sétimo título esta temporada, soma, agora, 88 pontos, mais 30 do que Bottas, e 36 do que Verstappen e parte como principal favorito à corrida da próxima semana, outra vez em Silverstone.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0