Leclerc enfrenta punição mas está confiante na defesa do 3.º lugar

O monegasco desce 10 posições na grelha de partida do GP Brasil

Terceiro classificad0 no Mundial, com 249 pontos, Charles Leclerc parte para este fim de semana com o desafio de arrancar longe da 'pole position' do GP Brasil, isto porque o monegasco será penalizado em 10 posições por ter trocado de motor no último GP, nos Estados Unidos. Apesar disso, o piloto acredita que este é o melhor momento para a mudança e que a troca fará toda a diferença nas duas últimas corridas da temporada. 

Sempre muito competitivo, Leclerc defende um lugar no pódio e luta com Max Verstappen e Sebastian Vettel pelo 3.º lugar, tendo 14 pontos de vantagem para o holandês e 19 para o alemão. 

"Não será nada fácil lidar com esta punição de 10 lugares, mas acredito que é a nossa melhor oportunidade. Vou tentar fazer o melhor resultado possível", disse. 

O motor usado no carro do monegasco corresponde à mesma versão utilizada durante a época e negou que haja alguma modificação no desenvolvimento, tendo em vista a próxima temporada. 

"Nós ainda não falámos sobre isso. É basicamente o mesmo spec de motor que perdemos em Austin... não houve nenhuma discussão sobre essa possibilidade, pelo menos comigo". 

Perguntado sobre até quando quer correr com a Ferrari, Leclerc afirma que isso depende dos seus resultados, mas que trabalha muito para permanecer ao serviço da 'scuderia' durante muito tempo. 

"Por agora é difícil dizer. Cabe-me a mim mostrar à Ferrari que mereço manter o lugar e trabalho muito para isso".


Autores: Bruna Arimathea, em São Paulo, Brasil

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fórmula 1

Notícias

Notícias Mais Vistas