KTM aciona opção e Miguel Oliveira segue na equipa austríaca até 2020

Informação foi avançada pelo diretor desportivo, Pit Beirer, ao site 'speedweek'

O bom arranque de temporada que Miguel Oliveira está a fazer no MotoGP - em ano de estreia na categoria rainha - não está a passar despercebido. E para prevenir surpresas desagradáveis, a KTM já acionou a cláusula de opção, garantindo, assim, a continuidade do português até 2020.

A revelação - que ainda não foi oficializada - foi feita pelo diretor desportivo da equipa austríaca, Pit Beirer, em declarações ao site alemão 'Speedweek'. "A opção sobre o Miguel expira no verão, mas já a exercemos", garantiu.

Miguel Oliveira entrou no Mundial de MotoGP com um  17.º lugar no Qatar; foi depois 11.º na Argentina (onde somou os seus primeiros pontos), ao que se seguiu um 14.º posto nos Estados Unidos, no GP Américas.

A competir pela equipa satélite da KTM - a Red Bull KTM Tech3 -, o piloto natural de Almada está a adaptar-se bem ao MotoGP. O vice-campeão mundial de Moto2 está a 11 pontos de Pol Espargaró e tem Joann Zarco (piloto da 'equipa mãe') atrás de si na classificação do Mundial.

Além do mais, Miguel Oliveira tem-se revelado mais forte do que o seu colega de equipa, o malaio Hafizh Syahrin, que está a realizar a sua segunda época no MotoGP.


O Mundial entra este fim-de-semana na Europa, com a realização do GP Espanha, no circuito de Jerez.

Miguel Oliveira foi rei e senhor em Portimão: da corrida à festa sem mãos a medir

2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Motociclismo

Notícias

Notícias Mais Vistas