Miguel Oliveira pontua no GP Aragão

Português da Red Bull KTM Tech3 foi 13.º em Espanha

- A próxima prova disputa-se a 6 de outubro, na Tailândia.

Classificação do Mundial

1.º Marc Márquez (Espanha), Honda, 300 pontos
2.º Andrea Dovizioso (Itália), Ducati, 202 pontos
3.º Alex Rins (Espanha), Suzuki, 156 pontos
4.º Danilo Petrucci (Itália), Ducati, 155 pontos
5.º Maverick Viñalez (Espanha), Yamaha, 147 pontos
(...)
17.º Miguel Oliveira (Portugal), KTM, 29 pontos

Classificação da corrida

1.º Marc Márquez (Espanha), Honda, 41.57,221 minutos
2.º Andrea Dovizioso (Itália), Ducati, a 4,836 segundos
3.º Jack Miller (Austrália), Ducati, a 5,430 segundos
4.º Maverick Viñalez (Espanha), Yamaha, a 5,811 segundos
5.º Fabio Quartararo (França), Yamaha, a 8,924 segundos
(...)
13.º Miguel Oliveira (Portugal), KTM, a 33,063 segundos
17.º Mika Kallio (Finlândia), KTM, a 42,983 segundos
21.º Hafizh Syahrin (Malásia), KTM, a 47,308 segundos

12h56 - "Estava confortável com a minha estratégia, tinha um bom feeling, tinha de puxar desde o início para criar uma diferença de 4 ou 5 segundos segundos e ficar por aí. Estou feliz por esta vitória", disse Marc Márquez.



12h51 - Alex Rins está na boxe da Yamaha para pedir desculpas a Franco Morbidelli. O italiano teve de abandonar, devido à manobra do espanhol.

- Marc Márquez soma a 8.ª vitória da época e está a um passo da revalidação do título mundial. O espanhol saiu da pole position com um pneu traseiro macio, ganhou uma boa vantagem no início, que depois soube gerir até ao final sem ser incomodado. 



- Miguel Oliveira chegou a estar em 10.º lugar mas acabou a corrida no 13.º posto, somando 3 pontos para as contas do Mundial. Fez uma boa corrida, terminando como o melhor homem da KTM na prova espanhola.

23/23 - Viñalez cai para 4.º, com Jack Miller, no pódio, atrás de Dovizioso. Marc Márquez termina tranquilo, alcança a 8.ª vitória da carreira no seu 200.º GP. Miguel Oliveira acaba em 13.º e soma 3 pontos nas contas do Mundial.

22/23 - Está acesa a luta pelo segundo posto, com Dovizioso a passar por Maverick Viñalez. Conseguirá o italiano manter a posição?

21/23 - Nakagami chega-se à traseira da moto de Miguel Oliveira, o português fecha a posição, mas o japonês acaba por passar. É 13.º o piloto de Almada.

20/23 - Viñalez faz de tudo mas já começou a perceber que dificilmente chegará perto da Honda de Márquez.

19/23 - Miguel Oliveira desce novamente para 11.º, o piloto português foi ultrapassado por Andrea Iannone.

18/23 - Márquez gere eficazmente a vantagem que ganhou nas primeiras voltas e muito dificilmente deixará escapar a vitória.

17/23 - Alex Rins - que cumpriu uma penalização - já é 9.º; Miguel Oliveira continua na 11.ª posição, com Danilo Petrucci à sua frente. 

16/23 - Márquez aguenta-se estoico na liderança; Oliveira continua a ser o melhor piloto da KTM em prova.

15/23 - Andrea Dovizioso ultrapassa Jack Miller e chega ao terceiro lugar; mais atrás o português leva a melhor sobre Iannone e volta ao 11.º posto.

14/23 - Miller mantém-se na frente de Andrea Dovizioso, a 1 segundo de Maverick Viñalez; Miguel Oliveira continua em 12.º, atrás de Iannone.

13/23 - Miguel Oliveira, em luta com três motos de fábrica, cai para 12.º. Na frente seguem Márquez, Viñalez e Miller.

12/23 - Oliveira segue num grupo com Petrucci, Rins e Petrucci, todos em luta pelo 9.º lugar. 

11/23 - Miguel Oliveira é ultrapassado por Alex Rins e perde uma posição. Está novamente em 11.º. 

10/23 - Marc Márquez escolheu um pneu traseiro macio e parece estar com problemas de aderência... Mesmo assim o campeão do Mundo tem mais de 4 segundos de vantagem sobre Maverick Viñalez.

9/23 - Marc Márquez ganha ainda mais vantagem sobre o pelotão; Miguel Oliveira já está dentro dos 10 primeiros! Andrea Ianone caiu para 11.º.

8/23 - Jack Miller perde a segunda posição para Maverick Viñalez; Fabio Quartararo é quarto e Dovizioso quinto. 

7/23 - Alex Rins cumpre uma 'long lap penalty' por causa do incidente com Morbidelli.

6/23 - Viñalez passa por Quartararo e assume a terceira posição; lá na frente Marc Márquez 'passeia' a sua Honda pelo circuito.

5/23 - Jack Miller ganha ligeira vantagem sobre Fabio Quartararo; Oliveira segue em 11.º.

4/23 - Luta acesa pela terceira posição com Fabio Quartararo a fugir à marcação cerrada de Maverick Viñalez. Miguel Oliveira segue na peugada de Danilo Petrucci, a tentar entrar no top 10.

3/23 - Miguel Oliveira já é 11.º! O português tem agora à sua frente a Ducati de Danilo Petrucci.

2/23 - Miguel Oliveira é agora 12.º, o português está na 'cola' de Nakagami. Lá na frente Marc Márquez ganha vantagem sobre Jack Miller. O incidente etre Morbidelli e Alex Rins está sob investigação.



1.ª de 23 voltas - Marc Márquez arranca bem e mantém-se na liderança, com Jack Miller em segundo; Miguel Oliveira ganha um lugar e é 15.º. Queda para Morbidelli e Alex Rins.

Começa a corrida!


11h58 - Os pilotos arrancam para a volta de aquecimento.

11h47 - O céu sobre o circuito está carregado de nuvens. "Esperemos que se mantenha assim, que não chova. Se chover vai ser uma corrida diferente", disse Miguel Oliveira, em declarações à SportTV.



11h45 - Miguel já está posicionado no seu lugar; a equipa trabalha no pneu da frente da sua KTM RC16.

11h43 - O pilotos posicionam-se na grelha de partida.



11h40 - Pol Espargaró, que caiu num treino anteontem, foi operado em Barcelona, devido a uma fratura do pulso. Uma baixa de peso para a KTM oficial, que fica assim com Mika Kalio como único representante na grelha deste GP. 

11h25 - O espanhol Aron Canet venceu a corrida de Moto3.



10h05 - Já esta manhã, no warm up, Miguel Oliveira foi 12.º, com o espanhol Maverick Viñalez (Yamaha) a ser o mais rápido. Mika Kallio (KTM) registou o 6.º melhor tempo.

9h50 - A prova vai dsputar-se ao longo de 23 voltas ao traçado, num total de 116,8 km. a pista tem uma extensão de 5,1 km, com 10 curvas para a esquerda e 7 para a direita. A reta mais longa tem 968 metros.

- O piloto natural de Almada encontra-se em ano de estreia no MotoGP, categoria em que segue no 18.º lugar do campeonato, com 26 pontos após 13 corridas.

- "O nosso ritmo de corrida parece melhor do que uma volta rápida. Por isso, espero fazer um bom arranque para poder fazer uma boa corrida e lutar pelos pontos", admitiu o português, de 24 anos, que quer voltar a colocar a sua KTM Tech3 entre os 15 primeiros lugar da classificação.

- Assim, Miguel Oliveira será o melhor representante da marca austríaca na grelha, largando da sexta linha, apesar de ainda estar limitado por uma lesão em dois tendões do ombro direito.

- Miguel bateu o finlandês Mika Kallio, que se estreia este fim de semana pela equipa oficial da KTM com um 19.º posto, substituindo o francês Johann Zarco, despedido na terça-feira. De fora, ficou o espanhol Pol Espargaró, que sofreu uma fratura no pulso esquerdo na sequência de uma queda aparatosa na quarta sessão de treinos livres.

- O piloto de Almada foi o sétimo mais rápido da primeira fase da sessão de qualificação (Q1), falhando o acesso à segunda (Q2). Oliveira (17.º) conseguiu a sua melhor volta em 1.48,827 minutos, ficando a 818 milésimos de segundo da pole position do espanhol Marc Márquez (Honda), que fez 1.47,009 minutos, conquistando o primeiro lugar da grelha pela nona vez em 14 corridas em 2019.

- O português vai regressar hoje à luta pelos pontos (top 15) em Espanha, depois de ter sofrido com vários azares nos dois últimos Grandes Prémios, na Grã-Bretanha (queda e lesão no ombro) em San Marino (queda), na semana passada.

- Bom dia, seja bem-vindo à corrida de MotoGP do GP Aragão, prova que vai contar com a participação do português Miguel Oliveira, a partir das 12h00.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de MotoGP

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.