Marc Márquez diz que não telefonou a Nadal depois do US Open porque teve... vergonha

O sete vezes campeão mundial de MotoGP mostra grande admiração pelo tenista

Marc Márquez, então com 17 anos, conheceu Rafael Nadal numa gala de Natal em 2010; tem o número do telefone do tenista mas não lhe telefonou a dar-lhe os parabéns pela recente vitória no US Open porque... teve vergonha.

Em Misano, palco do GP San Marino do próximo fim-de-semana, os jornalistas perguntaram ao campeão do Mundo de MotoGP se tinha visto a final. "Vi o início mas depois adormeci com a televisão ligada. Quando acordei o encontro já tinha terminado e pensei, 'bolas, quem terá ganho?' Mas hoje em dia, com as redes sociais, rapidamente sabes as coisas."

E ligou Márquez a Nadal, a dar-lhe os parabéns? "Bem, felicitei-o pelas redes sociais. Tenho o número, mas fico com vergonha..."

Como é possível um heptacampeão mundial ter vergonha de felicitar Nadal? "É o Nadal. Que queres? É o Rafael Nadal..."

O piloto da Honda, de 26 anos, não escondeu ser um grande admirador do maiorquino. "Fico fascinado. Há quatro anos teve graves lesões nos joelhos. Mas superou-as e está sempre motivado, é pura raça. Vê-se como celebra cada ponto, cada bola, é um desportista que deixa tudo em campo, é um exemplo. Num ano é bom, no seguinte é ainda melhor, não há idade. Tem 33 anos e parece que está no melhor momento da sua carreira."

Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de MotoGP

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.