Miguel Oliveira e o acidente com Espargaró: «Ele virou muito depressa e acabámos por colidir»

Português estava lançado na luta pelo pódio quando foi ao chão

• Foto: Instagram

Miguel Oliveira estava muito dececionado no final do GP Áustria deste domingo. O piloto português da Red Bull KTM Tech3 estava em condições de lutar por uma posição no pódio quando foi forçado a desistir da prova, depois de uma queda a envolver também Pol Espargaró, piloto de fábrica da KTM.

"É muito duro. Mostrámos velocidade e penso que teríamos sido capazes de alcançar um bom resultado para a equipa", começou por dizer, em declarações à assessoria de imprensa da equipa.

Oliveira explicou o que aconteceu. "Infelizmente, o Pol estava com dificuldades para travar a moto e vi que ele estava a fazer algumas curvas largas, por isso, na quatro, vi que ele estava a fazer a curva muito, mas muito larga e tentei ir por dentro. Normalmente quando um piloto sai, tentas tirar partido disso. Ele virou muito depressa e acabámos por colidir. Eu não consigo ver como poderia evitar o acidente. É uma pena, mas temos mais uma oportunidade na próxima semana, por isso temos de continuar focados."

Queda de Miguel Oliveira com Pol Espargaró no GP Áustria: dia de azares para a KTM





19
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de MotoGP

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.