Miguel Oliveira revela o que pensou segundos antes da corrida: «Se não ganhar estou lixado!»

Piloto diz ainda que não sentiu qualquer pressão extra por correr em casa

• Foto: REUTERS

Depois de todas as intervenções feitas após o Grande Prémio de Portugal, Miguel Oliveira abordou mais a frio aquilo que viveu em Portimão e de forma bem humorada lembrou aquilo que pensou nos instantes prévios à corrida.

"Se não ganhar estou lixado! Mas sabia que o facto de correr em Portugal, ao contrário do que possam pensar em casa, não me colocava pressão, mas sim dava força extra. Foi isso que fiz. Aproveitei, tentei tornar em algo positivo toda a atenção que tive ao meu redor no fim de semana. Para terem noção, na minha box o número de câmaras quadruplicou. Começou tudo logo na quarta-feira. Foi incrível, porque sabia que havia muita gente a fazer força. Tentei sempre transformar essa atenção em força e não em pressão, de forma a dar o resultado que os portugueses merecem", disse o piloto português.

Por Record
5
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de MotoGP

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.