Mundial de snooker arranca com algum público e as estrelas da modalidade

Judd Trump, campeão em 2019, tentará defender o título

O Mundial de snooker, previsto para abril e adiado devido à covid-19, arranca na sexta-feira em Sheffield, em Inglaterra, com a presença de público nas bancadas, mas em número limitado.

Serão 32 os jogadores, entre os quais Judd Trump, campeão em 2019 e que tentará defender esse primeiro título, o que nenhum campeão conseguiu no Crucible Theatre, o pentacampeão mundial Ronnie O'Sullivan ou o tricampeão Mark Selby.

O Mundial decorrerá de 31 de julho a 16 de agosto, com os jogos a disputarem-se à melhor de 19 frames na primeira ronda, enquanto que os da segunda e os quartos de final, em 10 de agosto, serão à melhor de 25 frames.

As meias-finais, com início em 12 de agosto, e a final, de 15 a 16 de agosto, serão discutidas à melhor de 33 e 35 frames, respetivamente, numa edição que premiará o campeão mundial com meio milhão de libras (cerca de 550.000 euros).

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Snooker

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0