Nic von Rupp foi 9.º no Mundial de Ondas Grandes em Jaws

Havaianos Billy Kemper e Paige Alms sagraram-se campeões

• Foto: Carlos Barroso

Nic von Rupp alcançou o 9.º posto no Mundial de Ondas grandes na remada, que se disputou esta quinta-feira, nas ondas de Jaws, na ilha havaiana de Maui. Nicolau chegou às meias-finais do evento, sendo o melhor português em prova, depois de Alex Botelho e João de Macedo não terem superado a ronda inaugural (quartos-de-final).

Nic e Alex foram colocados no heat 2 dos quartos-de-final e estiveram a competir juntos. Mas só Nicolau conseguiu seguir em frente, depois de ter terminado no 3.º posto entre os seis surfistas da bateria. Já Botelho ficou pelo caminho depois de não ter surfado qualquer onda.

Já João de Macedo entrou na água no heat 4, onde acabou por não conseguir melhor que o 6.º posto, com apenas 4,33 pontos somados. Ainda assim, o surfista da Praia Grande, o mais veterano de todos os portugueses em prova, proporcionou momentos de tensão e grande comprometimento, com um dos wipeouts mais espetaculares do campeonato. 

Nicolau voltou à ação nas meias-finais, mas acabou por falhar a passagem ao heat decisivo, depois de somar apenas 5,16 pontos. O surfista português ficou no 5.º posto da bateria, tendo terminado a sua prestação com o 9.º posto final.

O triunfo na prova masculina sorriu ao havaiano Billy Kemper, local de Maui que em 2017 já tinha vencido o mundial de ondas grandes, na altura disputado em circuito. Uma final completamente dominada pelos havaianos, que ocuparam os cinco primeiros lugares, com o brasileiro Lucas Chumbo no 6.º.

A prova feminina, cuja final contou com quatro havaianas, foi vencida também pela local de Maui Paige Alms. Não houve qualquer surfista portuguesa entre o elenco desta prova de Jaws. 

Por João Vasco Nunes
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Surf

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.