Coronavírus: Rankings 'congelam' e ninguém perde pontos

ATP atualizou as listas pela última vez até... junho

• Foto: EPA

O Mundo está (quase) parado, o ténis não é exceção e os rankings mundiais ficaram desde ontem... congelados.

ATP e WTA atualizaram ontem pela última vez as suas classificações, contabilizando alguns torneios que tinham ficado interrompidos na semana passada, e agora só voltarão a ser atualizados, se tudo correr bem, em meados de junho, quando o circuito voltar – se possível – na temporada de relva. Ou seja, ao contrário do que acontece habitualmente no ténis, os pontos referentes a determinada semana do ano anterior... não vão ser retirados.

O circuito decidiu contabilizar as duas últimas semanas ao total de Novak Djokovic, enquanto líder do ranking, o que faz com que o sérvio de 32 anos passe a somar 282 no topo da hierarquia. Está agora a 28 do recorde de Roger Federer (310) e a apenas quatro do segundo classificado, Pete Sampras (286).

Entre os portugueses, não há grandes alterações: Tiago Cação é o único com uma subida considerável, uma vez que tinha pontos a entrar dos torneios algarvios da ITF. O tenista de Peniche, de 22 anos, saltou 19 posições para o 547º posto do ranking, confirmando o seu bom momento de forma, que apenas foi travado... pelo vírus.

Autor: José Morgado

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.