«Fui eu que levei o coronavírus para Mogi»: tenista brasileiro irradiado envolvido em nova polémica

João Souza acabou por apagar o vídeo

O tenista brasileiro João Souza protagonizou um momento polémico nas redes sociais depois de publicar um vídeo no qual sugeriu que a irmã, Maria Clara de Souza, teria levado a Covid-19 para Mogi das Cruzes, cidade do Estado de São Paulo que é a terra natal do tenista. Pouco depois, acabou por pedir desculpa pelo sucedido.

"Levei o coronavírus para Mogi, desculpa, gente. Agora estou ótima, não estou de quarentena, e sigo plena. Vocês que lutem, Mogi que lute", dizia Maria Clara no vídeo, enquanto João Souza ria.

"Mogi decretou estado de calamidade pública. E por causa de quem? Desta pobre louca aqui", respondeu o tenista, sempre em tom de brincadeira.

O vídeo foi mal recebido nas redes sociais e João Souza acabou mesmo por apagá-lo, horas depois, e por publicar um pedido de desculpas.

"Brincadeira de mau gosto para uns, falta de assunto para outros, motivos para julgar e carinho das pessoas que se preocupam. Não estamos e muito menos passámos coronavírus para ninguém; era só uma conversa entre irmãos que gravei e publiquei. Quem achou que foi de mau gosto, desculpem. Aos poucos que realmente se preocupam, sim, estamos bem, saudáveis e em casa", afirmou João Souza, ele que há dois meses foi irradiado do ténis devido a manipulação de resultados e outros atos de corrupção.

Por Mariana Béu
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0