Goran Ivanisevic defende Adria Tour: «Quem pode ter certeza de que o contágio começou aí?»

Treinador de Djokovic diz não perceber porque ele não testou positivo se esteve sempre com o tenista n.º 1 do ranking

• Foto: Reuters

A discussão em torno do Adria Tour e dos casos positivos à covid-19 que se deteraram na sequência da realização do torneio continua. Depois da chuva de críticas a Djokovic e à organização da prova, Goran Ivanisevic quebra o silêncio para defender o n.º 1 do ranking ATP e o evento. 

"Agora é fácil, criticar e ser os mais inteligentes do Mundo. Novak tentou algo grande, algo humanitário, depois que todos termos ficado em isolamento durante 3 meses. Posso aceitar as críticas de que não era necessário andar em festas em Belgrado, mas ninguém foi obrigado a sair, a divertir-se, a dançar, a 'curtir' a música", afirmou o treinador de Djokovic ao 'Sportklub', lançando outra questão ao debate.

"E quem pode ter certeza de que o contágio começou aí? Marko Paniki, treinador de fitness de Novak Djokovic, não estava na festa, e acusou positivo. Eu estive com o Novak em Belgrado todos os dias, assim como em Zadar, ele está positivo à covid-19 e eu não. Alguém pode me explicar isso?", questinou Goran Ivanisevic, dando outro exemplo: "Ou como é possível que Miljan Amanovic, fisioterapeuta de Novak, tenha tratado o cotovelo de Grigor Dimitrov em Zadar, mais de que uma vez, e o seu teste também foi negativo."

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Em alerta

Daniil Medvedev desiste de Monte Carlo com Covid-19, um dia após treinar com Rafael Nadal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.