Kyrgios não quer ganhar torneios do Grand Slam: «Depois dos jogos gosto de beber umas cervejas»

Tenista australiano diz também os treinadores são "uma perda de dinheiro"

Nick Kyrgios segue de polémica em polémica. Depois de ter contado que chegou a defrontar Rafael Nadal em Cincinnati com uma grande ressaca, agora o tenista australiano admite que não tem o objetivo de ganhar torneios do Grand Slam.

"Não tenho o objetivo de ganhar provas do Grand Slam. Só quero poder jogar à minha maneira", disse o jogador num podcast com o amigo Elliot Loney. "O meu corpo não aguenta sete encontros num Grand Slam, jogando três ou quatro horas em cada um deles. Gosto de beber umas cervejas depois de jogar. Só quero relaxar. Penso que o desporto é levado demasiado a sério."

Kyrgios não tem um treinador e não vê motivos para investir nesse tipo de apoio. Considera-os "uma perda de dinheiro, pois "cobram demasiado". "Contratar um treinador para mim não faz sentido, até porque também não os quero fazer perder tempo. Não penso que haja um treinador preparado para trabalhar comigo e não quero fazê-los passar por isso porque seria um pesadelo. A minha carreira já está demasiado avançada para um treinador porque tenho as minhas manias e, sinceramente, não quero ouvir conselhos."

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas