US Open: Djokovic, Serena e Barty qualificam-se para a terceira ronda

Jornada condicionada pela chuva em Flushing Meadows.

O sérvio Novak Djokovic, campeão em título, a norte-americana Serena Williams e a australiana Ashleigh Barty apuraram-se na última madrugada para a terceira ronda do US Open, numa jornada condicionada pela chuva em Flushing Meadows.

Djokovic, número um mundial e três vezes vencedor do quarto major da temporada, foi um dos poucos jogadores a disputar a segunda ronda como previsto na ordem inicial de encontros, que foi sujeita a alterações devido à chuva e obrigou ao adiamento da maioria dos desafios para esta quinta-feira, uma vez que só se jogou no Arthur Ashe Stadium e no Louis Armstrong Stadium, os únicos courts cobertos.

Diante ao argentino Juan Ignacio Londero, 56.º colocado no ranking ATP, o sérvio foi obrigado a trabalhos redobrados para resolver a qualificação para a fase seguinte em três sets, com os parciais de 6-4, 7-6 (7-3) e 6-1, em duas horas e 15 minutos.

"Ele jogou bem. Estava a bater a bola muito bem, especialmente com a pancada de direita. Fez-me trabalhar. Tive de correr muito para conquistar esta vitória", assegurou o detentor de 16 títulos do Grand Slam.

Conquistada a 71.ª vitória em Flushing Meadows, Djokovic, de 32 anos, admitiu ter sentido dificuldades no Arthur Ashe Stadium, onde foi assistido duas vezes ao ombro esquerdo.

"Interferiu no meu jogo esta noite, especialmente no serviço e na esquerda. Não foi fácil jogar com esta sensação, para ser sincero. Não tive esta experiência muitas vezes na minha carreira", confidenciou Djokovic, que aguarda pelo vencedor do encontro entre o norte-americano Denis Kudla (111.º) e o também sérvio Dusan Lajovic (29.º) para conhecer o próximo adversário.

Ainda antes de Djokovic, o suíço Roger Federer, número três mundial, havia eliminado o bósnio Damir Dzumhur (99.º), por 3-6, 6-2, 6-3 e 6-4, e o japonês Kei Nishikori (sétimo do circuito ATP) derrotado o norte-americano Bradley Khlan (108.º), com os parciais de 6-2, 4-6, 6-3 e 7-5.

Igualmente apurados para a terceira ronda estão ainda o búlgaro Grigor Dimitrov (78.º), que beneficiou da desistência do croata Borna Coric (12.º), ainda antes do embate, e o alemão Dominik Koepfer (118.º ATP), que surpreendeu o norte-americano Ryan Opelka (42.º ATP), por 6-4, 6-4 e 7-6 (7-2).

Na competição feminina, Serena Williams, Ashleigh Barty e Madison Keys juntaram-se a Elina Svitolina e Karolina Pliskova, que já haviam acedido à fase seguinte na sessão diurna.

A norte-americana e seis vezes campeã em Nova Iorque ainda cedeu um set perante a jovem compatriota Catherine McNally, de 17 anos, que ainda nem era nascida quando Serena conquistou o primeiro título em 1999, mas conseguiu recuperar e, por 5-7, 6-3 e 6-1, assegurou a continuidade em prova.

Já depois da também norte-americana Madison Keys, número nove mundial, bater a chinesa Lin Zhu, por 6-4 e 6-1, foi a vez da australiana Ashleigh Barty, segunda colocada no ranking, superar Lauren Davis em dois sets, com parciais de 6-2 e 7-6.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Ténis

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0