Três tenistas franceses isolados testam negativo à covid-19 e vão jogar

Kristina Mladenovic, Adrian Mannarino e Édouard Roger-Vasselin em causa

Adrian Mannarino vai poder continuar em prova
Adrian Mannarino vai poder continuar em prova • Foto: Reuters

Três tenistas franceses em competição no Open dos Estados Unidos que estiveram em contacto com o compatriota Benoit Paire, afastado do torneio após testar positivo à covid-19, tiveram exames negativos e vão poder jogar, anunciou esta terça-feira a organização.

Kristina Mladenovic, Adrian Mannarino e Édouard Roger-Vasselin tiveram resultados negativos no teste ao novo coronavírus e vão poder continuar em prova, ainda que cumprindo regrar mais rígidas do que os restantes competidores, revelou a Federação de Ténis dos Estados Unidos (USTA).

Isto, no mesmo dia em que a entidade anunciou ter multado dois tenistas, o austríaco Dominic Thiem (número dois mundial) e o acima mencionado Adrian Mannarino, devido à violação dos protocolos do Open dos Estados Unidos por parte de elementos das suas equipas.

Thiem foi multado em 1.500 dólares (1.258 euros), por falha no uso obrigatório de máscara de um membro não especificado do seu 'entourage', enquanto Mannarino vai ter de pagar 2.500 dólares (2.100 euros), não tendo sido ainda avançada a explicação para a punição.

No domingo, Benoît Paire, 23.º tenista do ranking mundial e 17.º cabeça de série do torneio, foi afastado do segundo 'major' da temporada, por estar infetado com o novo coronavírus, e a organização traçou imediatamente uma linha de relações próximas do francês dentro da 'bolha' de Flushing Meadows, onde está a decorrer o US Open.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de US Open

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.