Bernard Tomic perde prémio de participação devido a atuação "vergonhosa"

Australiano sancionado pela organização de Wimbledon

• Foto: Getty Images

Afastado na primeira ronda por Jo-Wilfried Tsonga, com um concludente 6-2, 6-1 e 6-4, Bernard Tomic viu a organização de Wimbledon retirar-lhe os 45 mil euros de prémio de presença no torneio, devido ao que considera ter sido uma atuação que "não cumpriu os mínimos requisitos profissionais".

Em causa estará a falta de empenho de australiano de 26 anos, número 96 do ranking ATP, que perdeu essa partida em menos de uma hora - foi o encontro mais rápido do torneio desde 2004 -, numa atuação que a BBC descreveu de "vergonhosa". Num jogo à melhor de cinco sets, Tomic ganhou apenas 47 pontos, perdendo o primeiro parcial em 18 minutos e o segundo em apenas 17, aparentando sempre não estar minimamente preocupado com o desfecho do jogo...

De notar que esta não é a primeira vez que Tomic, de 26 anos, é sancionado pela organização do torneio britânico, já que em 2017 também foi multado em 13 mil euros por comportamento antidesportivo. Em causa na altura esteve o facto de o australiano ter simulado uma lesão na derrota diante do alemão Mischa Zverev, mas também as suas declarações posteriores ao encontro.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Wimbledon

Notícias

Notícias Mais Vistas