Covid-19: Portugal candidata-se à organização dos Mundiais de laser de vela

França desistiu de organizar o evento, devido às contingências impostas para pandemia de covid-19

• Foto: DR Arquivo

Portugal vai candidatar-se à organização dos campeonatos mundiais de classes laser, depois de a França ter desistido de organizar o evento, devido às contingências impostas para pandemia de covid-19, anunciou esta quarta-feira a Federação Portuguesa de Vela (FPV).

"Vamos tentar trazer para Vilamoura a competição que estava prevista para Hyères, em França", disse António Roquette, presidente da FPV, referindo que as ilhas Canárias também estão interessadas em receber a competição, prevista para abril.

O presidente da FPV espera que o Mundial de vela da na classe 470, que decorrerá em Vilamoura entre 7 e 13 de março, "seja um sucesso" e contribua para a imagem do país como organizador de grandes eventos.

De acordo com Luís Rocha, Diretor Técnico Nacional, Portugal deverá estar representando nos Mundiais de laser por duas equipas na classe radial (feminina) e duas na classe standard (masculina), que lutarão por um lugar nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, adiados para o verão de 2021 devido à pandemia de covid-19.

A Federação Francesa de Vela anunciou hoje o cancelamento da semana olímpica de Hyères, que incluía vários eventos de qualificação para os Jogos Tóquio2020, invocando um parecer negativo das autoridades gaulesas, devido à pandemia.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Vela

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.