VO65 'Racing for the Planet' disputa Cascais Vela

Entre os dias 3 e 5 de outubro

O VO65 português da Mirpuri Foundation Race Team, que vai disputar a Ocean Race 2022-2023, será um dos barcos presentes na 20.ª edição da regata Cascais Vela, entre os dias 3 e 5 de outubro, em Cascais.

Naquela que será a regata de encerramento da temporada de verão em Cascais, o VO65 'Racing for the Planet' terá a bordo o 'skipper' francês Yoann Richomme e os vencedores da última edição da Ocean Race, a bordo do barco chinês da Dongfeng Race Team, o estratega belgo-canadiano Bruno Dubois, o australiano Jack Bouttell e o também gaulês Fabien Delahaye.

Além dos velejadores internacionais, os portugueses Frederico Melo e Bernardo Freitas, que integraram a equipa 'Turn the Tide on Plastic', patrocinada pela Fundação Mirpuri, na última competição à vela à volta do mundo, e a atleta olímpica Mariana Lobato completam a equipa portuguesa.

"É muito importante treinarmos para os nossos objetivos da regata e o Cascais Vela vai ajudar-nos a fazer isso. Estamos a tentar fechar a nossa equipa e começarmos a organizar a temporada de 2021. Temos planeado três dias de treino, incluindo vela noutra, antes de participar no Cascais Vela", avançou o 'skipper' da Mirpuri Foundation Race Team, confessando já estar a programar o desafio da Ocean Race, que inicia em Alicante no outono de 2022 e está previsto terminar no verão do ano seguinte em Génova, Itália.

É a segunda vez que o VO65 'Racing for the Planet' vai competir em águas portuguesas, depois de ter ganho em junho o Mirpuri Foundation Sailing Trophy, uma prova de dois dias entre Cascais e Sesimbra, mas Paulo Mirpuri, presidente da Fundação Mirpuri, lembra que o objetivo no Cascais Vela vai mais além da vitória.

"A Mirpuri Foundation Racing Team está a competir não só pelo troféu da regata, mas também pela mensagem que o barco transporta. Trata-se de uma equipa muito especial de velejadores, com genuíno interesse pelo ambiente, pela sustentabilidade e pelos valores da Fundação Mirpuri", frisou Paulo Mirpuri.

Apesar da equipa para a próxima edição da Ocean Race não estar fechada, estas regatas e sessões de treino visam igualmente, como comentou hoje Yoan Richomme, testar mecanismos, eventuais elementos e trabalho em equipa.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Vela

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.