Benfica volta a encontrar o Real Madrid na Youth League: o que é feito da equipa de 2017

Fábio Duarte - Aos 22 anos, o guarda-redes continua no Benfica e tem sido opção na equipa B e também nos sub-23.
Aurélio Buta - Depois da campanha na Youth League, o lateral-direito que já atuava pela equipa B do Benfica foi cedido ao Antuérpia e acabou por ficar em definitivo na formação belga, onde ainda se mantém.
Rúben Dias - Um dos casos de maior sucesso. Foi promovido por Rui Vitória ao plantel principal e não demorou a afirmar-se. O central tem sido uma das principais figuras do Benfica e, aos 23 anos, é um dos capitães de equipa.
Kalaica - O central croata mantém-se no Benfica e tem sido opção na equipa B.
Ricardo Araújo ('Jorginho') - Outro dos jogadores que continua no Seixal e que nas últimas épocas atuou pela equipa de sub-23 do Benfica.
Florentino - Subiu ao plantel principal pelas mãos de Bruno Lage em 2018/19 e na última temporada perdeu algum espaço. Agora, com a chegada de Jorge Jesus, o futuro de Florentino deve passar pelo estrangeiro e há vários clubes interessados no médio defensivo de 21 anos. 
David Tavares - Após um percurso na equipa B e nos sub-23, chegou à equipa principal do Benfica na última época mas o futuro do médio deve passar pelo estrangeiro. 
Diogo Gonçalves - Em 2018/19 esteve emprestado ao Nottingham Forest e na última época voltou a Portugal para, em novo empréstimo, brilhar e ser uma das figuras do Famalicão na Liga NOS. Agora, o extremo regressou ao Benfica, renovou até 2025 e tenta convencer Jorge Jesus a ganhar um lugar no plantel para 2020/21. 
Diogo Mendes - O médio continua no Benfica e tem dividido o seu percurso entre equipa B e sub-23.
Gedson - O médio foi promovido ao plantel principal do Benfica em 2018/19 e atualmente está emprestado ao Tottenham, de José Mourinho, até ao próximo verão. Se os spurs quiserem contratá-lo em definitivo, terão de pagar cerca de 50 milhões de euros.
João Félix - A figura maior da geração que ficou perto de vencer a Youth League em 2017. Félix marcou dois golos no triunfo sobre o Real Madrid, na época seguinte evoluiu na equipa B e em 2018/19 foi aposta de Bruno Lage na equipa principal. Os 20 golos em 43 jogos puseram meia Europa atrás dele e foi o Atlético Madrid a ganhar a corrida por 126 milhões de euros, naquela que foi a maior transferência da história do futebol português. 
Jota - Bisou na meia-final diante do Real Madrid e ganhou maturidade nos juniores e na equipa B antes de chegar à equipa principal do Benfica em 2018/19. Na última época foi sendo opção (fez 28 jogos oficiais) mas o futuro do extremo deve passar por um empréstimo.
Zé Gomes - Foi evoluindo na equipa B do Benfica mas não conseguiu chegar à equipa principal e na última época esteve cedido. Primeiro ao Portimonense e depois aos polacos do Lechia Gdansk, que pretendem continuar a contar com o avançado de 21 anos.
Fábio Duarte - Aos 22 anos, o guarda-redes continua no Benfica e tem sido opção na equipa B e também nos sub-23.
Aurélio Buta - Depois da campanha na Youth League, o lateral-direito que já atuava pela equipa B do Benfica foi cedido ao Antuérpia e acabou por ficar em definitivo na formação belga, onde ainda se mantém.
Rúben Dias - Um dos casos de maior sucesso. Foi promovido por Rui Vitória ao plantel principal e não demorou a afirmar-se. O central tem sido uma das principais figuras do Benfica e, aos 23 anos, é um dos capitães de equipa.
Kalaica - O central croata mantém-se no Benfica e tem sido opção na equipa B.
Ricardo Araújo ('Jorginho') - Outro dos jogadores que continua no Seixal e que nas últimas épocas atuou pela equipa de sub-23 do Benfica.
Florentino - Subiu ao plantel principal pelas mãos de Bruno Lage em 2018/19 e na última temporada perdeu algum espaço. Agora, com a chegada de Jorge Jesus, o futuro de Florentino deve passar pelo estrangeiro e há vários clubes interessados no médio defensivo de 21 anos. 
David Tavares - Após um percurso na equipa B e nos sub-23, chegou à equipa principal do Benfica na última época mas o futuro do médio deve passar pelo estrangeiro. 
Diogo Gonçalves - Em 2018/19 esteve emprestado ao Nottingham Forest e na última época voltou a Portugal para, em novo empréstimo, brilhar e ser uma das figuras do Famalicão na Liga NOS. Agora, o extremo regressou ao Benfica, renovou até 2025 e tenta convencer Jorge Jesus a ganhar um lugar no plantel para 2020/21. 
Diogo Mendes - O médio continua no Benfica e tem dividido o seu percurso entre equipa B e sub-23.
Gedson - O médio foi promovido ao plantel principal do Benfica em 2018/19 e atualmente está emprestado ao Tottenham, de José Mourinho, até ao próximo verão. Se os spurs quiserem contratá-lo em definitivo, terão de pagar cerca de 50 milhões de euros.
João Félix - A figura maior da geração que ficou perto de vencer a Youth League em 2017. Félix marcou dois golos no triunfo sobre o Real Madrid, na época seguinte evoluiu na equipa B e em 2018/19 foi aposta de Bruno Lage na equipa principal. Os 20 golos em 43 jogos puseram meia Europa atrás dele e foi o Atlético Madrid a ganhar a corrida por 126 milhões de euros, naquela que foi a maior transferência da história do futebol português. 
Jota - Bisou na meia-final diante do Real Madrid e ganhou maturidade nos juniores e na equipa B antes de chegar à equipa principal do Benfica em 2018/19. Na última época foi sendo opção (fez 28 jogos oficiais) mas o futuro do extremo deve passar por um empréstimo.
Zé Gomes - Foi evoluindo na equipa B do Benfica mas não conseguiu chegar à equipa principal e na última época esteve cedido. Primeiro ao Portimonense e depois aos polacos do Lechia Gdansk, que pretendem continuar a contar com o avançado de 21 anos.
Fábio Duarte - Aos 22 anos, o guarda-redes continua no Benfica e tem sido opção na equipa B e também nos sub-23.
Aurélio Buta - Depois da campanha na Youth League, o lateral-direito que já atuava pela equipa B do Benfica foi cedido ao Antuérpia e acabou por ficar em definitivo na formação belga, onde ainda se mantém.
Rúben Dias - Um dos casos de maior sucesso. Foi promovido por Rui Vitória ao plantel principal e não demorou a afirmar-se. O central tem sido uma das principais figuras do Benfica e, aos 23 anos, é um dos capitães de equipa.
Kalaica - O central croata mantém-se no Benfica e tem sido opção na equipa B.
Ricardo Araújo ('Jorginho') - Outro dos jogadores que continua no Seixal e que nas últimas épocas atuou pela equipa de sub-23 do Benfica.
Florentino - Subiu ao plantel principal pelas mãos de Bruno Lage em 2018/19 e na última temporada perdeu algum espaço. Agora, com a chegada de Jorge Jesus, o futuro de Florentino deve passar pelo estrangeiro e há vários clubes interessados no médio defensivo de 21 anos. 
David Tavares - Após um percurso na equipa B e nos sub-23, chegou à equipa principal do Benfica na última época mas o futuro do médio deve passar pelo estrangeiro. 
Diogo Gonçalves - Em 2018/19 esteve emprestado ao Nottingham Forest e na última época voltou a Portugal para, em novo empréstimo, brilhar e ser uma das figuras do Famalicão na Liga NOS. Agora, o extremo regressou ao Benfica, renovou até 2025 e tenta convencer Jorge Jesus a ganhar um lugar no plantel para 2020/21. 
Diogo Mendes - O médio continua no Benfica e tem dividido o seu percurso entre equipa B e sub-23.
Gedson - O médio foi promovido ao plantel principal do Benfica em 2018/19 e atualmente está emprestado ao Tottenham, de José Mourinho, até ao próximo verão. Se os spurs quiserem contratá-lo em definitivo, terão de pagar cerca de 50 milhões de euros.
João Félix - A figura maior da geração que ficou perto de vencer a Youth League em 2017. Félix marcou dois golos no triunfo sobre o Real Madrid, na época seguinte evoluiu na equipa B e em 2018/19 foi aposta de Bruno Lage na equipa principal. Os 20 golos em 43 jogos puseram meia Europa atrás dele e foi o Atlético Madrid a ganhar a corrida por 126 milhões de euros, naquela que foi a maior transferência da história do futebol português. 
Jota - Bisou na meia-final diante do Real Madrid e ganhou maturidade nos juniores e na equipa B antes de chegar à equipa principal do Benfica em 2018/19. Na última época foi sendo opção (fez 28 jogos oficiais) mas o futuro do extremo deve passar por um empréstimo.
Zé Gomes - Foi evoluindo na equipa B do Benfica mas não conseguiu chegar à equipa principal e na última época esteve cedido. Primeiro ao Portimonense e depois aos polacos do Lechia Gdansk, que pretendem continuar a contar com o avançado de 21 anos.
Mais de três anos depois, o Benfica volta a encontrar o Real Madrid na UEFA Youth League, desta vez na final da competição. A 21 de abril de 2017, os encarnados derrotaram os merengues (4-2) nas meias-finais, mas seriam derrotados no jogo decisivo frente ao Salzburgo. Orientados por João Tralhão, os jovens do Benfica acabariam por seguir futuros bem distintos e alguns saltaram para grandes palcos do futebol europeu.
12
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias