Espanhóis escolheram: defesa português no onze das maiores deceções de sempre do Real Madrid

Albano Bizzarri - Esteve uma época (1999/2000) no Bernabéu e alinhou em 12 jogos oficiais.
Carlos Diogo (lateral direito) - Contratado em 2005/06, fez 20 jogos com a camisola merengue e saiu no final dessa época. 
Jonathan Woodgate (defesa central) - Chegou a Madrid em 2004 mas as lesões só lhe permitiram jogar no ano seguinte. Alinhou em 14 partidas e marcou um golo, mas no final dessa época acabou cedido e não mais regressou ao Bernabéu.
Predrag Spasic (defesa central) - Contratado ao Partizan na época 1990/91, realizou 25 jogos pelos merengues e rumou ao Osasuna na temporada seguinte. 
Fábio Coentrão (lateral esquerdo) - Após duas épocas no Benfica o Real Madrid pagou 30 M€ no verão de 2011 para o contratar. Fez mais de 100 jogos com a camisola 'blanca', conquistou vários títulos (com destaque para 2 Champions, 2 Mundiais de clubes e 2 campeonatos) e deixou os merengues em definitivo no ano de 2017. 
Thomas Gravesen (médio defensivo) - O dinamarquês cumpriu duas épocas no Bernabéu (2004 a 2006) já na reta final da carreira, tendo registado 49 jogos oficiais e 1 golo.  
Pablo García (médio defensivo) - Contratado no verão de 2015, alinhou em 26 partidas pelos merengues mas não convenceu e saiu no final dessa mesma temporada.
Faubert (médio) - Rumou ao Real Madrid por empréstimo do West Ham em 2008/2009, fez apenas 2 jogos e foi devolvido aos hammers.
Drenthe (médio/lateral esquerdo) - O holandÊs formado no Feyenoord prometeu muito, foi contratado em 2007 e impressionou nas duas primeiras épocas no Bernabéu, só que a terceira não correu bem e foi mesmo a última com a camisola merengue. 
Elvir Baljic (médio ofensivo) - Contratado ao Fenerbahce em 1999, fez apenas 18 jogos pelos merengues e voltou ao clube turco, por emréstimo, na época seguinte. Teria nova oportunidade no Bernabéu em 2001/2002, mas só jogou uma vez e acabou por rumar ao Galatasaray.
Antonio Cassano (avançado) - Era uma das grandes figuras da Roma e juntou-se aos 'Galáticos' do Real Madrid no inverno de 2005. Nunca conseguiu impôr-se e em 2007 regressou a Itália.
Albano Bizzarri - Esteve uma época (1999/2000) no Bernabéu e alinhou em 12 jogos oficiais.
Carlos Diogo (lateral direito) - Contratado em 2005/06, fez 20 jogos com a camisola merengue e saiu no final dessa época. 
Jonathan Woodgate (defesa central) - Chegou a Madrid em 2004 mas as lesões só lhe permitiram jogar no ano seguinte. Alinhou em 14 partidas e marcou um golo, mas no final dessa época acabou cedido e não mais regressou ao Bernabéu.
Predrag Spasic (defesa central) - Contratado ao Partizan na época 1990/91, realizou 25 jogos pelos merengues e rumou ao Osasuna na temporada seguinte. 
Fábio Coentrão (lateral esquerdo) - Após duas épocas no Benfica o Real Madrid pagou 30 M€ no verão de 2011 para o contratar. Fez mais de 100 jogos com a camisola 'blanca', conquistou vários títulos (com destaque para 2 Champions, 2 Mundiais de clubes e 2 campeonatos) e deixou os merengues em definitivo no ano de 2017. 
Thomas Gravesen (médio defensivo) - O dinamarquês cumpriu duas épocas no Bernabéu (2004 a 2006) já na reta final da carreira, tendo registado 49 jogos oficiais e 1 golo.  
Pablo García (médio defensivo) - Contratado no verão de 2015, alinhou em 26 partidas pelos merengues mas não convenceu e saiu no final dessa mesma temporada.
Faubert (médio) - Rumou ao Real Madrid por empréstimo do West Ham em 2008/2009, fez apenas 2 jogos e foi devolvido aos hammers.
Drenthe (médio/lateral esquerdo) - O holandÊs formado no Feyenoord prometeu muito, foi contratado em 2007 e impressionou nas duas primeiras épocas no Bernabéu, só que a terceira não correu bem e foi mesmo a última com a camisola merengue. 
Elvir Baljic (médio ofensivo) - Contratado ao Fenerbahce em 1999, fez apenas 18 jogos pelos merengues e voltou ao clube turco, por emréstimo, na época seguinte. Teria nova oportunidade no Bernabéu em 2001/2002, mas só jogou uma vez e acabou por rumar ao Galatasaray.
Antonio Cassano (avançado) - Era uma das grandes figuras da Roma e juntou-se aos 'Galáticos' do Real Madrid no inverno de 2005. Nunca conseguiu impôr-se e em 2007 regressou a Itália.
Albano Bizzarri - Esteve uma época (1999/2000) no Bernabéu e alinhou em 12 jogos oficiais.
Carlos Diogo (lateral direito) - Contratado em 2005/06, fez 20 jogos com a camisola merengue e saiu no final dessa época. 
Jonathan Woodgate (defesa central) - Chegou a Madrid em 2004 mas as lesões só lhe permitiram jogar no ano seguinte. Alinhou em 14 partidas e marcou um golo, mas no final dessa época acabou cedido e não mais regressou ao Bernabéu.
Predrag Spasic (defesa central) - Contratado ao Partizan na época 1990/91, realizou 25 jogos pelos merengues e rumou ao Osasuna na temporada seguinte. 
Fábio Coentrão (lateral esquerdo) - Após duas épocas no Benfica o Real Madrid pagou 30 M€ no verão de 2011 para o contratar. Fez mais de 100 jogos com a camisola 'blanca', conquistou vários títulos (com destaque para 2 Champions, 2 Mundiais de clubes e 2 campeonatos) e deixou os merengues em definitivo no ano de 2017. 
Thomas Gravesen (médio defensivo) - O dinamarquês cumpriu duas épocas no Bernabéu (2004 a 2006) já na reta final da carreira, tendo registado 49 jogos oficiais e 1 golo.  
Pablo García (médio defensivo) - Contratado no verão de 2015, alinhou em 26 partidas pelos merengues mas não convenceu e saiu no final dessa mesma temporada.
Faubert (médio) - Rumou ao Real Madrid por empréstimo do West Ham em 2008/2009, fez apenas 2 jogos e foi devolvido aos hammers.
Drenthe (médio/lateral esquerdo) - O holandÊs formado no Feyenoord prometeu muito, foi contratado em 2007 e impressionou nas duas primeiras épocas no Bernabéu, só que a terceira não correu bem e foi mesmo a última com a camisola merengue. 
Elvir Baljic (médio ofensivo) - Contratado ao Fenerbahce em 1999, fez apenas 18 jogos pelos merengues e voltou ao clube turco, por emréstimo, na época seguinte. Teria nova oportunidade no Bernabéu em 2001/2002, mas só jogou uma vez e acabou por rumar ao Galatasaray.
Antonio Cassano (avançado) - Era uma das grandes figuras da Roma e juntou-se aos 'Galáticos' do Real Madrid no inverno de 2005. Nunca conseguiu impôr-se e em 2007 regressou a Itália.
O Real Madrid é indiscutivelmente um dos maiores clubes do Mundo e para esse estatuto contribuíram nomes como Alfredo Di Stéfano, Ferenc Puskás e Cristiano Ronaldo. Mas ao longo da história muitos jogadores que passaram pelo Bernabéu não deixaram grandes saudades aos adeptos merengues e o jornal 'AS' escolheu 11 desses nomes de quem se esperava muito mas dececionaram. [Imagens: Reuters e Action Images]
12
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
12
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.