Há um ano a UEFA apontou-os ao topo da Europa: o que deram os 'miúdos' destacados em 2020

Yacine Adli (20 anos – Bordéus) - Continua ao serviço do Bordéus, agora sem Paulo Sousa ao leme. Totaliza 15 jogos na Ligue 1 esta temporada e tem visto o seu valor de mercado subir.
Blendi Baftiu (22 anos - Ballkani) - Ainda não saiu do seu país natal e ao contrário do esperado não conseguiu manter os registos do ano anterior e ainda não foi chamado à seleção principal do Kosovo.
Alessandro Bastoni (21 anos - Inter) - Um dos sucessos desta lista. Titular indiscutível no Inter Milão, já é internacional italiano e o seu valor de mercado (50 milhões de euros) mostra bem o seu potencial.
Myron Boadu (19 anos - AZ) - Continua a representar o clube de Alkmaar, já é internacional absoluto pela Holanda, mas os registos goleadores da atual temporada (4 golos em 12 jogos) não são muito animadores.
Domagoj Bradaric (21 anos - Lille) - Internacional absoluto pela Croácia, Bradaric é um dos titulares habituais no surpreendente Lille, o segundo colocado da Ligue 1 em igualdade com o Lyon.
Eduardo Camavinga (18 anos - Rennes) - Há um ano era apontado como a 'the next big thing' e a verdade é que a grande surpresa é ainda não ter saído de França para um gigante europeu. Candidatos não lhe faltam, a começar pelo Real Madrid, mas por agora segue no Rennes, onde é titular indiscutível.
Rayan Cherki (17 anos - Lyon) - Há um ano dizia-se que era a maior promessa do futebol francês desde Kylian Mbappé, mas o último ano ainda não foi de afirmação para o ainda jovem Cherki. Em 2020/21 leva 12 jogos na Ligue 1, mas apenas 3 como titular e ainda sem golos ou assistências.
Jonathan David (20 anos - Gent/Lille) - Um dos que já deu o salto nesta lista. Há um ano destacava-se no Gent e agora, depois de ter protagonizado uma transferência de 27 milhões de euros, mostra o seu futebol no Lille. Tem dois golos esta temporada.
Zuriko Davitashvili (19 anos - Rubin Kazan/Rotor Volgograd) - Pensava-se que 2020 iria ser ano de explosão para este jovem georgiano, mas as coisas não correram bem como o esperado. Em agosto foi cedido ao Rotor Volgograd, onde não se tem destacado.
Dodô (22 anos - Shakhtar Donetsk) - Depois de ter estado no V. Guimarães em 2019, afirmou-se esta temporada no Shakhtar de Luís Castro. Titular em grande parte dos jogos desta época, leva um golo e duas assistências.
Odsonne Édouard (22 anos - Celtic) - Continua a ser titular, goleador e figura no Celtic, mas esta temporada não vai correndo bem do ponto de vista coletivo ao jovem avançado francês, que ainda espera uma chance na seleção principal.
Dimitris Emmanouilidis (20 anos - Panathinaikos) - Depois de ter estado no Panionios, voltou ao Panathinaikos mas ainda não se afirmou.
Fábio Silva (18 anos - FC Porto/Wolverhampton) - Outro dos jogadores desta lista que deu o salto milionário para outras paragens. No início da época deixou o Dragão para rumar ao Wolverhampton por 40 milhões de euros e até já fez história pelos ingleses.
Ansu Fati (18 anos - Barcelona) - Uma lesão grave no final de 2020 irá deixá-lo fora de ação até março, mas o que mostrou no último ano comprova que o futuro do Barcelona está aqui.
Florentino Luís (21 anos - Benfica/Monaco) - Esperava-se muito do médio, mas num Benfica de altos e baixos Florentino limitou-se a seguir na 'onda'. Perdeu protagonismo, foi cedido ao Monaco, mas até agora tem apenas seis jogos pelos franceses.
Bryan Gil (19 anos - Sevilha/Eibar) - O talento está lá, mas a opção do Sevilha passou no verão por cedê-lo novamente, agora ao Eibar. Tem dois golos em 12 jogos pelos bascos.
Mason Greenwood (19 anos - Manchester United) - Já é internacional absoluto pela Inglaterra e vai sendo aposta mais ou menos regular no Manchester United. Com 19 anos, parece ter muito pela frente.
Reece James (21 anos - Chelsea) - Agarrou o lugar no Chelsea depois de uma cedência ao Wigan, tendo esta temporada já disputados 14 jogos pelos blues, aos quais junta ainda a presença em duelos da seleção inglesa. Tem 3 assistências e 1 golo esta época.
Boubacar Kamara (21 anos – Marselha) - Titular indiscutível no centro da defesa do Marselha de André Villas-Boas, tanto na Ligue 1 como na Liga dos Campeões. Ainda espera a chamada à seleção absoluta de França.
Lee Kang-in (19 anos - Valencia) - Num Valencia em queda livre, o miúdo sul-coreano vai tentando mostrar-se e até ao momento leva 3 assistências esta temporada, isto depois de em 19/20 ter apontado 3 golos.
Michal Karbownik (19 anos - Legia) - Chegou a estar na agenda do Sporting, mas o seu futuro passou por uma transferência para o Brighton em outubro. Apesar dessa aposta, os ingleses decidiram emprestá-lo até final da temporada ao conjunto de Varsóvia.
Vadim Karpov (18 anos - CSKA Moscovo) - Um gigante na linha defensiva dos moscovitas, que esta temporada parece estar algo relegado das apostas principais do CSKA. Tem 7 jogos até ao momento esta época.
Sekou Koita (21 anos - Salzburgo) - Segue na linha de Erling Braut Haaland nos austríacos e tem sido o goleador de serviço do crónico campeão austríaco. Esta época já tem 11 golos marcados em 18 jogos (apenas 11 como titular).
Jules Koundé (22 anos - Sevilha) - O facto de ser pretendido pelos gigantes da Europa diz bem da qualidade e evolução do ainda jovem defesa central que tem sido titular indiscutível no Sevilha.
Dejan Kulusevski (20 anos - Atalanta/Juventus) - Contratado pela Juventus no ano passado, esteve cedido ao Parma na segunda metade da época passada antes de se mudar em definitivo para Turim. Esta temporada leva 17 jogos pela Vecchia Signoa, com 3 golos marcados e várias boas atuações no registo.
Diego Lainez (20 anos - Betis) - Chegou ao Betis em 2019 com o rótulo de estrela, mas dois anos volvidos e ainda não convenceu... de todo. No total, já disputou 37 encontros pelos andaluzes, mas apenas foi titular em seis deles.
Bogdan Lednev (22 anos - Dínamo de Kiev) - Depois de ter estado cedido ao Zorya Luhansk, voltou ao conjunto da capital, onde esta temporada tem 12 jogos disputados.
Dennis Man (22 anos – Steaua Bucareste) - Aos 22 anos é uma das estrelas do Steaua, contando esta temporada 15 golos em 16 partidas. Ainda acrescenta mais sete assistências ao seu registo de época.
Gabriel Martinelli (19 anos - Arsenal) - Chegou ao Arsenal envolto em grande expectativa, até foi opção numa primeira fase, mas esta temporada parece ter caído no esquecimento nos gunners. Tem apenas três jogos, dois como titular.
Rafael Leão (21 anos - AC Milan) - A viver a sua segunda temporada no AC Milan, o jovem português vive um dos melhores momentos da carreira e vai sendo decisivo no líder da Serie A.
Bukayo Saka (19 anos – Arsenal)  - Num Arsenal que tem sido incrivelmente irregular, o ainda 'miúdo' Saka vai sendo dos poucos com alguma consistência. Leva já 15 jogos esta temporada e já se estreou pela seleção inglesa.
Oihan Sancet (20 anos - Athletic Club) - Saído da fábrica de talentos do Athletic Bilbao, ainda não se afirmou nos bascos. Esta temporada disputou 13 encontros, mas apenas uma vez foi titular.
Arnór Sigurdsson (21 anos – CSKA Moscovo) - Tem nome de craque, mas até ver ainda não confirmou em absoluto esse 'estatuto'. É habitual titular no CSKA, leva dois golos e duas assistências esta temporada, e é presença regular na seleção islandesa.
Boubakary Soumaré (21 anos – Lille) - Num Lille que tem sido revelação na Ligue 1, Soumaré teima em não se afirmar em absoluto. É certo que já leva 21 jogos disputados, mas apenas foi titular em 12.
Calvin Stengs (22 anos – AZ) - Comparado a Arjen Robben, Stengs está a viver uma temporada em tudo similar àquela que registou na de 2019/20, onde se afirmou como uma das maiores promessas do país. Já é internacional absoluto pela Holanda.
Magomed-Shapi Suleymanov (20 anos - Krasnodar) - Extremo que se destaca pela sua baixa estatura, Suleymanov está a fazer uma temporada em linha com aquilo que fez em 19/20, mas a verdade é que não tem jogado tantos minutos quantos se esperava.
Tetê (20 anos - Shakhtar Donetsk) - Prestes a completar dois anos no futebol ucraniano, parece estar a viver uma segunda temporada algo mais apagada em comparação com a primeira. É liderado por Luís Castro e esta época, em 19 jogos, marcou dois golos e fez três assistências.
Maarten Vandevoordt (18 anos - Genk) - Foi o guarda-redes mais jovem a jogar na Liga dos Campeões quando foi aposta do Genk em dezembro de 2019, mas essa aposta foi caso raro. De lá para cá jogou de forma pontual e esta temporada, por exemplo, leva somente dois jogos disputados.
Zinho Vanheusden (21 anos – Standard) - Já é internacional absoluto pela Bélgica, mas uma grave lesão sofrida em novembro afastou-o dos relvados para os próximos meses.
Yari Verschaeren (19 anos - Anderlecht) - Saído da fábrica de talentos do Anderlecht, tem sido utilizado de forma regular na equipa de Bruxelas. Médio ofensivo de posição, leva dois golos e duas assistências.
Dušan Vlahović (19 anos – Fiorentina) - Já é internacional sérvio e vai-se destacando na Fiorentina. Esta temporada o seu ponto alto foi a exibição diante da Juventus, numa vitória sobre a campeã por 3-0.
Francisco Trincão (21 anos – Sp. Braga/Barcelona) - Protagonizou no mercado de inverno uma das mais inesperadas transferências (por 30 milhões de euros), mudou-se para o Barcelona apenas no verão e, apesar de se ter destacado em algumas partidas, ainda não convenceu.
Tomás Esteves (17 anos - FC Porto/Reading) - Tal como o outro Tomás desta lista, também cedido esta temporada, mas ao contrário de Tavares tem tido bastante jogo. Já disputou 17 partidas pelo Reading, isto depois de em 2019/20 ter sido opção em três jogos.
Tomás Tavares (19 anos – Benfica/Alavés) - Há um ano era aposta mais ou menos regular no Benfica, mas tudo mudaria com o avançar dos meses. Foi cedido esta temporada ao Alavés, onde apenas disputou quatro encontros até ao momento.
Dominik Szoboszlai (20 anos – Salzburgo/RB Leipzig) - Há um ano já se via o seu talento e foi com naturalidade que explodiu em 2020. Já mudou de clube, reforçando o RB Leipzig, numa transferência que foi uma verdadeira pechincha: 20 milhões de euros.
Panagiotis Retsos (21 anos – Leverkusen/Saint-Etienne) - Prometia bastante depois da promissora época de 2017/18, mas uma grave lesão acabou por lhe travar a evolução. Joga no Saint-Etienne, mas apenas disputou até ao momento dois jogos.
Strahinja Pavlovic (19 anos - Partizan/Monaco) - Contratado pelo Monaco ao Partizan, apenas no verão se mudou em definitivo para França e até ver sem grande sucesso. Tem apenas um jogo disputado.
Troy Parrott (18 anos - Tottenham/Milwall) - Lançado por José Mourinho na Premier League nos primeiros tempos do técnico português no Tottenham, acabou por não ter continuidade e foi cedido ao Milwall, onde em dez jogos não marcou qualquer golo.
Nikola Moro (21 anos - Dínamo de Zagreb/Dinamo Moscovo) - Trocou no verão o crónico campeão croata pelo Dinamo Moscovo, onde tem sido opção regular.
Noa Lang (21 anos - Ajax/Club Brugge) - Formado no Ajax, o extremo acabou por ter de sair de Amesterdão para encontrar minutos de jogo. Atua agora na Bélgica, onde vai sendo figura, com seis golos e quatro assistências em 17 jogos.
Yacine Adli (20 anos – Bordéus) - Continua ao serviço do Bordéus, agora sem Paulo Sousa ao leme. Totaliza 15 jogos na Ligue 1 esta temporada e tem visto o seu valor de mercado subir.
Blendi Baftiu (22 anos - Ballkani) - Ainda não saiu do seu país natal e ao contrário do esperado não conseguiu manter os registos do ano anterior e ainda não foi chamado à seleção principal do Kosovo.
Alessandro Bastoni (21 anos - Inter) - Um dos sucessos desta lista. Titular indiscutível no Inter Milão, já é internacional italiano e o seu valor de mercado (50 milhões de euros) mostra bem o seu potencial.
Myron Boadu (19 anos - AZ) - Continua a representar o clube de Alkmaar, já é internacional absoluto pela Holanda, mas os registos goleadores da atual temporada (4 golos em 12 jogos) não são muito animadores.
Domagoj Bradaric (21 anos - Lille) - Internacional absoluto pela Croácia, Bradaric é um dos titulares habituais no surpreendente Lille, o segundo colocado da Ligue 1 em igualdade com o Lyon.
Eduardo Camavinga (18 anos - Rennes) - Há um ano era apontado como a 'the next big thing' e a verdade é que a grande surpresa é ainda não ter saído de França para um gigante europeu. Candidatos não lhe faltam, a começar pelo Real Madrid, mas por agora segue no Rennes, onde é titular indiscutível.
Rayan Cherki (17 anos - Lyon) - Há um ano dizia-se que era a maior promessa do futebol francês desde Kylian Mbappé, mas o último ano ainda não foi de afirmação para o ainda jovem Cherki. Em 2020/21 leva 12 jogos na Ligue 1, mas apenas 3 como titular e ainda sem golos ou assistências.
Jonathan David (20 anos - Gent/Lille) - Um dos que já deu o salto nesta lista. Há um ano destacava-se no Gent e agora, depois de ter protagonizado uma transferência de 27 milhões de euros, mostra o seu futebol no Lille. Tem dois golos esta temporada.
Zuriko Davitashvili (19 anos - Rubin Kazan/Rotor Volgograd) - Pensava-se que 2020 iria ser ano de explosão para este jovem georgiano, mas as coisas não correram bem como o esperado. Em agosto foi cedido ao Rotor Volgograd, onde não se tem destacado.
Dodô (22 anos - Shakhtar Donetsk) - Depois de ter estado no V. Guimarães em 2019, afirmou-se esta temporada no Shakhtar de Luís Castro. Titular em grande parte dos jogos desta época, leva um golo e duas assistências.
Odsonne Édouard (22 anos - Celtic) - Continua a ser titular, goleador e figura no Celtic, mas esta temporada não vai correndo bem do ponto de vista coletivo ao jovem avançado francês, que ainda espera uma chance na seleção principal.
Dimitris Emmanouilidis (20 anos - Panathinaikos) - Depois de ter estado no Panionios, voltou ao Panathinaikos mas ainda não se afirmou.
Fábio Silva (18 anos - FC Porto/Wolverhampton) - Outro dos jogadores desta lista que deu o salto milionário para outras paragens. No início da época deixou o Dragão para rumar ao Wolverhampton por 40 milhões de euros e até já fez história pelos ingleses.
Ansu Fati (18 anos - Barcelona) - Uma lesão grave no final de 2020 irá deixá-lo fora de ação até março, mas o que mostrou no último ano comprova que o futuro do Barcelona está aqui.
Florentino Luís (21 anos - Benfica/Monaco) - Esperava-se muito do médio, mas num Benfica de altos e baixos Florentino limitou-se a seguir na 'onda'. Perdeu protagonismo, foi cedido ao Monaco, mas até agora tem apenas seis jogos pelos franceses.
Bryan Gil (19 anos - Sevilha/Eibar) - O talento está lá, mas a opção do Sevilha passou no verão por cedê-lo novamente, agora ao Eibar. Tem dois golos em 12 jogos pelos bascos.
Mason Greenwood (19 anos - Manchester United) - Já é internacional absoluto pela Inglaterra e vai sendo aposta mais ou menos regular no Manchester United. Com 19 anos, parece ter muito pela frente.
Reece James (21 anos - Chelsea) - Agarrou o lugar no Chelsea depois de uma cedência ao Wigan, tendo esta temporada já disputados 14 jogos pelos blues, aos quais junta ainda a presença em duelos da seleção inglesa. Tem 3 assistências e 1 golo esta época.
Boubacar Kamara (21 anos – Marselha) - Titular indiscutível no centro da defesa do Marselha de André Villas-Boas, tanto na Ligue 1 como na Liga dos Campeões. Ainda espera a chamada à seleção absoluta de França.
Lee Kang-in (19 anos - Valencia) - Num Valencia em queda livre, o miúdo sul-coreano vai tentando mostrar-se e até ao momento leva 3 assistências esta temporada, isto depois de em 19/20 ter apontado 3 golos.
Michal Karbownik (19 anos - Legia) - Chegou a estar na agenda do Sporting, mas o seu futuro passou por uma transferência para o Brighton em outubro. Apesar dessa aposta, os ingleses decidiram emprestá-lo até final da temporada ao conjunto de Varsóvia.
Vadim Karpov (18 anos - CSKA Moscovo) - Um gigante na linha defensiva dos moscovitas, que esta temporada parece estar algo relegado das apostas principais do CSKA. Tem 7 jogos até ao momento esta época.
Sekou Koita (21 anos - Salzburgo) - Segue na linha de Erling Braut Haaland nos austríacos e tem sido o goleador de serviço do crónico campeão austríaco. Esta época já tem 11 golos marcados em 18 jogos (apenas 11 como titular).
Jules Koundé (22 anos - Sevilha) - O facto de ser pretendido pelos gigantes da Europa diz bem da qualidade e evolução do ainda jovem defesa central que tem sido titular indiscutível no Sevilha.
Dejan Kulusevski (20 anos - Atalanta/Juventus) - Contratado pela Juventus no ano passado, esteve cedido ao Parma na segunda metade da época passada antes de se mudar em definitivo para Turim. Esta temporada leva 17 jogos pela Vecchia Signoa, com 3 golos marcados e várias boas atuações no registo.
Diego Lainez (20 anos - Betis) - Chegou ao Betis em 2019 com o rótulo de estrela, mas dois anos volvidos e ainda não convenceu... de todo. No total, já disputou 37 encontros pelos andaluzes, mas apenas foi titular em seis deles.
Bogdan Lednev (22 anos - Dínamo de Kiev) - Depois de ter estado cedido ao Zorya Luhansk, voltou ao conjunto da capital, onde esta temporada tem 12 jogos disputados.
Dennis Man (22 anos – Steaua Bucareste) - Aos 22 anos é uma das estrelas do Steaua, contando esta temporada 15 golos em 16 partidas. Ainda acrescenta mais sete assistências ao seu registo de época.
Gabriel Martinelli (19 anos - Arsenal) - Chegou ao Arsenal envolto em grande expectativa, até foi opção numa primeira fase, mas esta temporada parece ter caído no esquecimento nos gunners. Tem apenas três jogos, dois como titular.
Rafael Leão (21 anos - AC Milan) - A viver a sua segunda temporada no AC Milan, o jovem português vive um dos melhores momentos da carreira e vai sendo decisivo no líder da Serie A.
Bukayo Saka (19 anos – Arsenal)  - Num Arsenal que tem sido incrivelmente irregular, o ainda 'miúdo' Saka vai sendo dos poucos com alguma consistência. Leva já 15 jogos esta temporada e já se estreou pela seleção inglesa.
Oihan Sancet (20 anos - Athletic Club) - Saído da fábrica de talentos do Athletic Bilbao, ainda não se afirmou nos bascos. Esta temporada disputou 13 encontros, mas apenas uma vez foi titular.
Arnór Sigurdsson (21 anos – CSKA Moscovo) - Tem nome de craque, mas até ver ainda não confirmou em absoluto esse 'estatuto'. É habitual titular no CSKA, leva dois golos e duas assistências esta temporada, e é presença regular na seleção islandesa.
Boubakary Soumaré (21 anos – Lille) - Num Lille que tem sido revelação na Ligue 1, Soumaré teima em não se afirmar em absoluto. É certo que já leva 21 jogos disputados, mas apenas foi titular em 12.
Calvin Stengs (22 anos – AZ) - Comparado a Arjen Robben, Stengs está a viver uma temporada em tudo similar àquela que registou na de 2019/20, onde se afirmou como uma das maiores promessas do país. Já é internacional absoluto pela Holanda.
Magomed-Shapi Suleymanov (20 anos - Krasnodar) - Extremo que se destaca pela sua baixa estatura, Suleymanov está a fazer uma temporada em linha com aquilo que fez em 19/20, mas a verdade é que não tem jogado tantos minutos quantos se esperava.
Tetê (20 anos - Shakhtar Donetsk) - Prestes a completar dois anos no futebol ucraniano, parece estar a viver uma segunda temporada algo mais apagada em comparação com a primeira. É liderado por Luís Castro e esta época, em 19 jogos, marcou dois golos e fez três assistências.
Maarten Vandevoordt (18 anos - Genk) - Foi o guarda-redes mais jovem a jogar na Liga dos Campeões quando foi aposta do Genk em dezembro de 2019, mas essa aposta foi caso raro. De lá para cá jogou de forma pontual e esta temporada, por exemplo, leva somente dois jogos disputados.
Zinho Vanheusden (21 anos – Standard) - Já é internacional absoluto pela Bélgica, mas uma grave lesão sofrida em novembro afastou-o dos relvados para os próximos meses.
Yari Verschaeren (19 anos - Anderlecht) - Saído da fábrica de talentos do Anderlecht, tem sido utilizado de forma regular na equipa de Bruxelas. Médio ofensivo de posição, leva dois golos e duas assistências.
Dušan Vlahović (19 anos – Fiorentina) - Já é internacional sérvio e vai-se destacando na Fiorentina. Esta temporada o seu ponto alto foi a exibição diante da Juventus, numa vitória sobre a campeã por 3-0.
Francisco Trincão (21 anos – Sp. Braga/Barcelona) - Protagonizou no mercado de inverno uma das mais inesperadas transferências (por 30 milhões de euros), mudou-se para o Barcelona apenas no verão e, apesar de se ter destacado em algumas partidas, ainda não convenceu.
Tomás Esteves (17 anos - FC Porto/Reading) - Tal como o outro Tomás desta lista, também cedido esta temporada, mas ao contrário de Tavares tem tido bastante jogo. Já disputou 17 partidas pelo Reading, isto depois de em 2019/20 ter sido opção em três jogos.
Tomás Tavares (19 anos – Benfica/Alavés) - Há um ano era aposta mais ou menos regular no Benfica, mas tudo mudaria com o avançar dos meses. Foi cedido esta temporada ao Alavés, onde apenas disputou quatro encontros até ao momento.
Dominik Szoboszlai (20 anos – Salzburgo/RB Leipzig) - Há um ano já se via o seu talento e foi com naturalidade que explodiu em 2020. Já mudou de clube, reforçando o RB Leipzig, numa transferência que foi uma verdadeira pechincha: 20 milhões de euros.
Panagiotis Retsos (21 anos – Leverkusen/Saint-Etienne) - Prometia bastante depois da promissora época de 2017/18, mas uma grave lesão acabou por lhe travar a evolução. Joga no Saint-Etienne, mas apenas disputou até ao momento dois jogos.
Strahinja Pavlovic (19 anos - Partizan/Monaco) - Contratado pelo Monaco ao Partizan, apenas no verão se mudou em definitivo para França e até ver sem grande sucesso. Tem apenas um jogo disputado.
Troy Parrott (18 anos - Tottenham/Milwall) - Lançado por José Mourinho na Premier League nos primeiros tempos do técnico português no Tottenham, acabou por não ter continuidade e foi cedido ao Milwall, onde em dez jogos não marcou qualquer golo.
Nikola Moro (21 anos - Dínamo de Zagreb/Dinamo Moscovo) - Trocou no verão o crónico campeão croata pelo Dinamo Moscovo, onde tem sido opção regular.
Noa Lang (21 anos - Ajax/Club Brugge) - Formado no Ajax, o extremo acabou por ter de sair de Amesterdão para encontrar minutos de jogo. Atua agora na Bélgica, onde vai sendo figura, com seis golos e quatro assistências em 17 jogos.
Yacine Adli (20 anos – Bordéus) - Continua ao serviço do Bordéus, agora sem Paulo Sousa ao leme. Totaliza 15 jogos na Ligue 1 esta temporada e tem visto o seu valor de mercado subir.
Blendi Baftiu (22 anos - Ballkani) - Ainda não saiu do seu país natal e ao contrário do esperado não conseguiu manter os registos do ano anterior e ainda não foi chamado à seleção principal do Kosovo.
Alessandro Bastoni (21 anos - Inter) - Um dos sucessos desta lista. Titular indiscutível no Inter Milão, já é internacional italiano e o seu valor de mercado (50 milhões de euros) mostra bem o seu potencial.
Myron Boadu (19 anos - AZ) - Continua a representar o clube de Alkmaar, já é internacional absoluto pela Holanda, mas os registos goleadores da atual temporada (4 golos em 12 jogos) não são muito animadores.
Domagoj Bradaric (21 anos - Lille) - Internacional absoluto pela Croácia, Bradaric é um dos titulares habituais no surpreendente Lille, o segundo colocado da Ligue 1 em igualdade com o Lyon.
Eduardo Camavinga (18 anos - Rennes) - Há um ano era apontado como a 'the next big thing' e a verdade é que a grande surpresa é ainda não ter saído de França para um gigante europeu. Candidatos não lhe faltam, a começar pelo Real Madrid, mas por agora segue no Rennes, onde é titular indiscutível.
Rayan Cherki (17 anos - Lyon) - Há um ano dizia-se que era a maior promessa do futebol francês desde Kylian Mbappé, mas o último ano ainda não foi de afirmação para o ainda jovem Cherki. Em 2020/21 leva 12 jogos na Ligue 1, mas apenas 3 como titular e ainda sem golos ou assistências.
Jonathan David (20 anos - Gent/Lille) - Um dos que já deu o salto nesta lista. Há um ano destacava-se no Gent e agora, depois de ter protagonizado uma transferência de 27 milhões de euros, mostra o seu futebol no Lille. Tem dois golos esta temporada.
Zuriko Davitashvili (19 anos - Rubin Kazan/Rotor Volgograd) - Pensava-se que 2020 iria ser ano de explosão para este jovem georgiano, mas as coisas não correram bem como o esperado. Em agosto foi cedido ao Rotor Volgograd, onde não se tem destacado.
Dodô (22 anos - Shakhtar Donetsk) - Depois de ter estado no V. Guimarães em 2019, afirmou-se esta temporada no Shakhtar de Luís Castro. Titular em grande parte dos jogos desta época, leva um golo e duas assistências.
Odsonne Édouard (22 anos - Celtic) - Continua a ser titular, goleador e figura no Celtic, mas esta temporada não vai correndo bem do ponto de vista coletivo ao jovem avançado francês, que ainda espera uma chance na seleção principal.
Dimitris Emmanouilidis (20 anos - Panathinaikos) - Depois de ter estado no Panionios, voltou ao Panathinaikos mas ainda não se afirmou.
Fábio Silva (18 anos - FC Porto/Wolverhampton) - Outro dos jogadores desta lista que deu o salto milionário para outras paragens. No início da época deixou o Dragão para rumar ao Wolverhampton por 40 milhões de euros e até já fez história pelos ingleses.
Ansu Fati (18 anos - Barcelona) - Uma lesão grave no final de 2020 irá deixá-lo fora de ação até março, mas o que mostrou no último ano comprova que o futuro do Barcelona está aqui.
Florentino Luís (21 anos - Benfica/Monaco) - Esperava-se muito do médio, mas num Benfica de altos e baixos Florentino limitou-se a seguir na 'onda'. Perdeu protagonismo, foi cedido ao Monaco, mas até agora tem apenas seis jogos pelos franceses.
Bryan Gil (19 anos - Sevilha/Eibar) - O talento está lá, mas a opção do Sevilha passou no verão por cedê-lo novamente, agora ao Eibar. Tem dois golos em 12 jogos pelos bascos.
Mason Greenwood (19 anos - Manchester United) - Já é internacional absoluto pela Inglaterra e vai sendo aposta mais ou menos regular no Manchester United. Com 19 anos, parece ter muito pela frente.
Reece James (21 anos - Chelsea) - Agarrou o lugar no Chelsea depois de uma cedência ao Wigan, tendo esta temporada já disputados 14 jogos pelos blues, aos quais junta ainda a presença em duelos da seleção inglesa. Tem 3 assistências e 1 golo esta época.
Boubacar Kamara (21 anos – Marselha) - Titular indiscutível no centro da defesa do Marselha de André Villas-Boas, tanto na Ligue 1 como na Liga dos Campeões. Ainda espera a chamada à seleção absoluta de França.
Lee Kang-in (19 anos - Valencia) - Num Valencia em queda livre, o miúdo sul-coreano vai tentando mostrar-se e até ao momento leva 3 assistências esta temporada, isto depois de em 19/20 ter apontado 3 golos.
Michal Karbownik (19 anos - Legia) - Chegou a estar na agenda do Sporting, mas o seu futuro passou por uma transferência para o Brighton em outubro. Apesar dessa aposta, os ingleses decidiram emprestá-lo até final da temporada ao conjunto de Varsóvia.
Vadim Karpov (18 anos - CSKA Moscovo) - Um gigante na linha defensiva dos moscovitas, que esta temporada parece estar algo relegado das apostas principais do CSKA. Tem 7 jogos até ao momento esta época.
Sekou Koita (21 anos - Salzburgo) - Segue na linha de Erling Braut Haaland nos austríacos e tem sido o goleador de serviço do crónico campeão austríaco. Esta época já tem 11 golos marcados em 18 jogos (apenas 11 como titular).
Jules Koundé (22 anos - Sevilha) - O facto de ser pretendido pelos gigantes da Europa diz bem da qualidade e evolução do ainda jovem defesa central que tem sido titular indiscutível no Sevilha.
Dejan Kulusevski (20 anos - Atalanta/Juventus) - Contratado pela Juventus no ano passado, esteve cedido ao Parma na segunda metade da época passada antes de se mudar em definitivo para Turim. Esta temporada leva 17 jogos pela Vecchia Signoa, com 3 golos marcados e várias boas atuações no registo.
Diego Lainez (20 anos - Betis) - Chegou ao Betis em 2019 com o rótulo de estrela, mas dois anos volvidos e ainda não convenceu... de todo. No total, já disputou 37 encontros pelos andaluzes, mas apenas foi titular em seis deles.
Bogdan Lednev (22 anos - Dínamo de Kiev) - Depois de ter estado cedido ao Zorya Luhansk, voltou ao conjunto da capital, onde esta temporada tem 12 jogos disputados.
Dennis Man (22 anos – Steaua Bucareste) - Aos 22 anos é uma das estrelas do Steaua, contando esta temporada 15 golos em 16 partidas. Ainda acrescenta mais sete assistências ao seu registo de época.
Gabriel Martinelli (19 anos - Arsenal) - Chegou ao Arsenal envolto em grande expectativa, até foi opção numa primeira fase, mas esta temporada parece ter caído no esquecimento nos gunners. Tem apenas três jogos, dois como titular.
Rafael Leão (21 anos - AC Milan) - A viver a sua segunda temporada no AC Milan, o jovem português vive um dos melhores momentos da carreira e vai sendo decisivo no líder da Serie A.
Bukayo Saka (19 anos – Arsenal)  - Num Arsenal que tem sido incrivelmente irregular, o ainda 'miúdo' Saka vai sendo dos poucos com alguma consistência. Leva já 15 jogos esta temporada e já se estreou pela seleção inglesa.
Oihan Sancet (20 anos - Athletic Club) - Saído da fábrica de talentos do Athletic Bilbao, ainda não se afirmou nos bascos. Esta temporada disputou 13 encontros, mas apenas uma vez foi titular.
Arnór Sigurdsson (21 anos – CSKA Moscovo) - Tem nome de craque, mas até ver ainda não confirmou em absoluto esse 'estatuto'. É habitual titular no CSKA, leva dois golos e duas assistências esta temporada, e é presença regular na seleção islandesa.
Boubakary Soumaré (21 anos – Lille) - Num Lille que tem sido revelação na Ligue 1, Soumaré teima em não se afirmar em absoluto. É certo que já leva 21 jogos disputados, mas apenas foi titular em 12.
Calvin Stengs (22 anos – AZ) - Comparado a Arjen Robben, Stengs está a viver uma temporada em tudo similar àquela que registou na de 2019/20, onde se afirmou como uma das maiores promessas do país. Já é internacional absoluto pela Holanda.
Magomed-Shapi Suleymanov (20 anos - Krasnodar) - Extremo que se destaca pela sua baixa estatura, Suleymanov está a fazer uma temporada em linha com aquilo que fez em 19/20, mas a verdade é que não tem jogado tantos minutos quantos se esperava.
Tetê (20 anos - Shakhtar Donetsk) - Prestes a completar dois anos no futebol ucraniano, parece estar a viver uma segunda temporada algo mais apagada em comparação com a primeira. É liderado por Luís Castro e esta época, em 19 jogos, marcou dois golos e fez três assistências.
Maarten Vandevoordt (18 anos - Genk) - Foi o guarda-redes mais jovem a jogar na Liga dos Campeões quando foi aposta do Genk em dezembro de 2019, mas essa aposta foi caso raro. De lá para cá jogou de forma pontual e esta temporada, por exemplo, leva somente dois jogos disputados.
Zinho Vanheusden (21 anos – Standard) - Já é internacional absoluto pela Bélgica, mas uma grave lesão sofrida em novembro afastou-o dos relvados para os próximos meses.
Yari Verschaeren (19 anos - Anderlecht) - Saído da fábrica de talentos do Anderlecht, tem sido utilizado de forma regular na equipa de Bruxelas. Médio ofensivo de posição, leva dois golos e duas assistências.
Dušan Vlahović (19 anos – Fiorentina) - Já é internacional sérvio e vai-se destacando na Fiorentina. Esta temporada o seu ponto alto foi a exibição diante da Juventus, numa vitória sobre a campeã por 3-0.
Francisco Trincão (21 anos – Sp. Braga/Barcelona) - Protagonizou no mercado de inverno uma das mais inesperadas transferências (por 30 milhões de euros), mudou-se para o Barcelona apenas no verão e, apesar de se ter destacado em algumas partidas, ainda não convenceu.
Tomás Esteves (17 anos - FC Porto/Reading) - Tal como o outro Tomás desta lista, também cedido esta temporada, mas ao contrário de Tavares tem tido bastante jogo. Já disputou 17 partidas pelo Reading, isto depois de em 2019/20 ter sido opção em três jogos.
Tomás Tavares (19 anos – Benfica/Alavés) - Há um ano era aposta mais ou menos regular no Benfica, mas tudo mudaria com o avançar dos meses. Foi cedido esta temporada ao Alavés, onde apenas disputou quatro encontros até ao momento.
Dominik Szoboszlai (20 anos – Salzburgo/RB Leipzig) - Há um ano já se via o seu talento e foi com naturalidade que explodiu em 2020. Já mudou de clube, reforçando o RB Leipzig, numa transferência que foi uma verdadeira pechincha: 20 milhões de euros.
Panagiotis Retsos (21 anos – Leverkusen/Saint-Etienne) - Prometia bastante depois da promissora época de 2017/18, mas uma grave lesão acabou por lhe travar a evolução. Joga no Saint-Etienne, mas apenas disputou até ao momento dois jogos.
Strahinja Pavlovic (19 anos - Partizan/Monaco) - Contratado pelo Monaco ao Partizan, apenas no verão se mudou em definitivo para França e até ver sem grande sucesso. Tem apenas um jogo disputado.
Troy Parrott (18 anos - Tottenham/Milwall) - Lançado por José Mourinho na Premier League nos primeiros tempos do técnico português no Tottenham, acabou por não ter continuidade e foi cedido ao Milwall, onde em dez jogos não marcou qualquer golo.
Nikola Moro (21 anos - Dínamo de Zagreb/Dinamo Moscovo) - Trocou no verão o crónico campeão croata pelo Dinamo Moscovo, onde tem sido opção regular.
Noa Lang (21 anos - Ajax/Club Brugge) - Formado no Ajax, o extremo acabou por ter de sair de Amesterdão para encontrar minutos de jogo. Atua agora na Bélgica, onde vai sendo figura, com seis golos e quatro assistências em 17 jogos.
Depois de ontem termos trazido as escolhas da UEFA em relação aos miúdos com mais potencial para 'explodirem' em 2021, voltamos um ano atrás e recordamos aquelas que foram as escolhas feitas pelo organismo que rege o futebol europeu em 2020. Havia seis portugueses nesta lista e a verdade é que apenas um conseguiu efetivamente ter um ano de bom nível...
8
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.