Mercado no 3.º dia e já está perdido? Eis as transferências já confirmadas e as que aí vêm

Mattia Perín foi emprestado pela Juventus ao Genova.
Mario Mandzukic transferiu-se da Juventus para o Al Duhail, de Rui Faria, a custo zero.
Zlatan Ibrahimovic assinou como jogador livre pelo AC Milan.
Emiliano Insúa, ex-jogador do Sporting, assinou pelos LA Galaxy. Valor da transferência é ainda desconhecido.
Carles Aleñá foi emprestado pelo Barcelona ao Betis.
Stephen Eustáquio transferiu-se do Cruz Azul para o Paços de Ferreira por 800 mil euros.
Hany Mukhtar, ex-Benfica, transferiu-se do Bröndby para o Nashville por 2,7 milhões de euros.
Lisandro López transferiu-se do Benfica para o Boca Juniors por 3 milhões de euros.
João Pedro transferiu-se do Fluminense para o Watford por 4 milhões de euros.
Dawid Kownacki transferiu-se da Sampdoria para o Düsseldorf por 7,5  milhões de euros.
Michael Hector transferiu-se do Chelsea para o Fulham por 8,8 milhões de euros.
Nicolás López transferiu-se do Internacional para o Tigres por 9 milhões de euros.
Alan Pulido transferiu-se do Chivas para o Kansas City por 9,5 milhões de euros.
Uriel Antuna transferiu-se da equipa sub-23 do Manhcester City para o Chivas por 9,9 milhões de euros.
Santiago Ascacíbar transferiu-se do Estugarda para o Hertha Berlim por 10 milhões de euros.
Takumi Minamino transferiu-se do Salzburgo para o Liverpool por 10 milhões de euros.
Strahinja Pavlovic transferiu-se do Partizan para o Monaco por 10 milhões de euros.
Exequiel Palacios transferiu-se do River Plate para o Bayer Leverkusen por 17 milhões de euros.
Julian Weigl transferiu-se do Bor. Dortmund para o Benfica por 20 milhões de euros.
Erding Haaland transferiu-se do Salzburgo para o Bor. Dortmund por 20 milhões de euros.
Dejan Kulusevski transferiu-se do Parma para a Juventus por 35 milhões de euros e é a transferência mais cara deste mercado de inverno até ao momento.
João Cancelo, lateral do Man. City, tem sido apontado a um possível retorno ao Valencia.
Eriksen, médio do Tottenham, já há muito tempo que é pretendido pelos grandes europeus. Man. United e Inter Milão surgem na frente pelo dinamarquês.
Xhaka, médio do Arsenal, tem vivido momentos conturbados no clube londrino. Recentemente, o Hertha Berlim demonstrou-se interessado no internacional suíço e a saída pode consumar-se.
Dani Olmo, menino prodígio do Dínamo Zagreb, é pretendido por vários clubes europeus, mas o Barcelona parece ser o seu destino.
Paco Alcácer, avançado do Bor. Dortmund, surge como uma espécie de segunda escolha nesta lista. O dianteiro espanhol é pretendido no At. Madrid caso o negócio com Edison Cavani caia por terra.
Vertonghen, defesa do Tottenham, surge-se em final de contrato com os spurs e a imprensa internacional aponta o belga ao Ajax.
Edison Cavani tem sido fortemente apontado ao At. Madrid e o negócio deverá estar muito perto de concluir-se.
Brahimi, ex-jogador do FC Porto, surge como um possível reforço para o Marselha de André Villas-Boas. O extremo argelino, de 29 anos, do Al Rayyan é um dos desejos do técnico português.
Moise Kean surge como possível reforço para a AS Roma, de Paulo Fonseca
Ricardo Pereira, lateral do Leicester, tem sido, recentemente, apontado pela imprensa inglesa como um possível reforço para o Tottenham de José Mourinho.
Mattia Perín foi emprestado pela Juventus ao Genova.
Mario Mandzukic transferiu-se da Juventus para o Al Duhail, de Rui Faria, a custo zero.
Zlatan Ibrahimovic assinou como jogador livre pelo AC Milan.
Emiliano Insúa, ex-jogador do Sporting, assinou pelos LA Galaxy. Valor da transferência é ainda desconhecido.
Carles Aleñá foi emprestado pelo Barcelona ao Betis.
Stephen Eustáquio transferiu-se do Cruz Azul para o Paços de Ferreira por 800 mil euros.
Hany Mukhtar, ex-Benfica, transferiu-se do Bröndby para o Nashville por 2,7 milhões de euros.
Lisandro López transferiu-se do Benfica para o Boca Juniors por 3 milhões de euros.
João Pedro transferiu-se do Fluminense para o Watford por 4 milhões de euros.
Dawid Kownacki transferiu-se da Sampdoria para o Düsseldorf por 7,5  milhões de euros.
Michael Hector transferiu-se do Chelsea para o Fulham por 8,8 milhões de euros.
Nicolás López transferiu-se do Internacional para o Tigres por 9 milhões de euros.
Alan Pulido transferiu-se do Chivas para o Kansas City por 9,5 milhões de euros.
Uriel Antuna transferiu-se da equipa sub-23 do Manhcester City para o Chivas por 9,9 milhões de euros.
Santiago Ascacíbar transferiu-se do Estugarda para o Hertha Berlim por 10 milhões de euros.
Takumi Minamino transferiu-se do Salzburgo para o Liverpool por 10 milhões de euros.
Strahinja Pavlovic transferiu-se do Partizan para o Monaco por 10 milhões de euros.
Exequiel Palacios transferiu-se do River Plate para o Bayer Leverkusen por 17 milhões de euros.
Julian Weigl transferiu-se do Bor. Dortmund para o Benfica por 20 milhões de euros.
Erding Haaland transferiu-se do Salzburgo para o Bor. Dortmund por 20 milhões de euros.
Dejan Kulusevski transferiu-se do Parma para a Juventus por 35 milhões de euros e é a transferência mais cara deste mercado de inverno até ao momento.
João Cancelo, lateral do Man. City, tem sido apontado a um possível retorno ao Valencia.
Eriksen, médio do Tottenham, já há muito tempo que é pretendido pelos grandes europeus. Man. United e Inter Milão surgem na frente pelo dinamarquês.
Xhaka, médio do Arsenal, tem vivido momentos conturbados no clube londrino. Recentemente, o Hertha Berlim demonstrou-se interessado no internacional suíço e a saída pode consumar-se.
Dani Olmo, menino prodígio do Dínamo Zagreb, é pretendido por vários clubes europeus, mas o Barcelona parece ser o seu destino.
Paco Alcácer, avançado do Bor. Dortmund, surge como uma espécie de segunda escolha nesta lista. O dianteiro espanhol é pretendido no At. Madrid caso o negócio com Edison Cavani caia por terra.
Vertonghen, defesa do Tottenham, surge-se em final de contrato com os spurs e a imprensa internacional aponta o belga ao Ajax.
Edison Cavani tem sido fortemente apontado ao At. Madrid e o negócio deverá estar muito perto de concluir-se.
Brahimi, ex-jogador do FC Porto, surge como um possível reforço para o Marselha de André Villas-Boas. O extremo argelino, de 29 anos, do Al Rayyan é um dos desejos do técnico português.
Moise Kean surge como possível reforço para a AS Roma, de Paulo Fonseca
Ricardo Pereira, lateral do Leicester, tem sido, recentemente, apontado pela imprensa inglesa como um possível reforço para o Tottenham de José Mourinho.
Mattia Perín foi emprestado pela Juventus ao Genova.
Mario Mandzukic transferiu-se da Juventus para o Al Duhail, de Rui Faria, a custo zero.
Zlatan Ibrahimovic assinou como jogador livre pelo AC Milan.
Emiliano Insúa, ex-jogador do Sporting, assinou pelos LA Galaxy. Valor da transferência é ainda desconhecido.
Carles Aleñá foi emprestado pelo Barcelona ao Betis.
Stephen Eustáquio transferiu-se do Cruz Azul para o Paços de Ferreira por 800 mil euros.
Hany Mukhtar, ex-Benfica, transferiu-se do Bröndby para o Nashville por 2,7 milhões de euros.
Lisandro López transferiu-se do Benfica para o Boca Juniors por 3 milhões de euros.
João Pedro transferiu-se do Fluminense para o Watford por 4 milhões de euros.
Dawid Kownacki transferiu-se da Sampdoria para o Düsseldorf por 7,5  milhões de euros.
Michael Hector transferiu-se do Chelsea para o Fulham por 8,8 milhões de euros.
Nicolás López transferiu-se do Internacional para o Tigres por 9 milhões de euros.
Alan Pulido transferiu-se do Chivas para o Kansas City por 9,5 milhões de euros.
Uriel Antuna transferiu-se da equipa sub-23 do Manhcester City para o Chivas por 9,9 milhões de euros.
Santiago Ascacíbar transferiu-se do Estugarda para o Hertha Berlim por 10 milhões de euros.
Takumi Minamino transferiu-se do Salzburgo para o Liverpool por 10 milhões de euros.
Strahinja Pavlovic transferiu-se do Partizan para o Monaco por 10 milhões de euros.
Exequiel Palacios transferiu-se do River Plate para o Bayer Leverkusen por 17 milhões de euros.
Julian Weigl transferiu-se do Bor. Dortmund para o Benfica por 20 milhões de euros.
Erding Haaland transferiu-se do Salzburgo para o Bor. Dortmund por 20 milhões de euros.
Dejan Kulusevski transferiu-se do Parma para a Juventus por 35 milhões de euros e é a transferência mais cara deste mercado de inverno até ao momento.
João Cancelo, lateral do Man. City, tem sido apontado a um possível retorno ao Valencia.
Eriksen, médio do Tottenham, já há muito tempo que é pretendido pelos grandes europeus. Man. United e Inter Milão surgem na frente pelo dinamarquês.
Xhaka, médio do Arsenal, tem vivido momentos conturbados no clube londrino. Recentemente, o Hertha Berlim demonstrou-se interessado no internacional suíço e a saída pode consumar-se.
Dani Olmo, menino prodígio do Dínamo Zagreb, é pretendido por vários clubes europeus, mas o Barcelona parece ser o seu destino.
Paco Alcácer, avançado do Bor. Dortmund, surge como uma espécie de segunda escolha nesta lista. O dianteiro espanhol é pretendido no At. Madrid caso o negócio com Edison Cavani caia por terra.
Vertonghen, defesa do Tottenham, surge-se em final de contrato com os spurs e a imprensa internacional aponta o belga ao Ajax.
Edison Cavani tem sido fortemente apontado ao At. Madrid e o negócio deverá estar muito perto de concluir-se.
Brahimi, ex-jogador do FC Porto, surge como um possível reforço para o Marselha de André Villas-Boas. O extremo argelino, de 29 anos, do Al Rayyan é um dos desejos do técnico português.
Moise Kean surge como possível reforço para a AS Roma, de Paulo Fonseca
Ricardo Pereira, lateral do Leicester, tem sido, recentemente, apontado pela imprensa inglesa como um possível reforço para o Tottenham de José Mourinho.
O ano de 2020 ainda agora começou e o mercado de inverno parece ter arrancado a toda a velocidade. Record recolheu algumas das transferências já concluídas e ainda uma curta lista daquelas que podem vir a 'aquecer' este inverno.
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
Deixe o seu comentário

Mais Vistas

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.