Os melhores 25 futebolistas dos últimos 25 anos: dois portugueses na lista

25. Gianluigi Buffon. Depois de uma passagem fugaz pelo Paris Saint-Germain, o guarda-redes italiano está de volta à Juventus, clube que já representou por 656 ocasiões.
24. Sergio Ramos. O defesa-central espanhol é uma figura de marca do Real Madrid. Ao serviço da formação merengue já conquistou, no total, quatro Ligas dos Campeões.
23. Romário. Uma das maiores figuras de sempre do futebol brasileiro, tendo marcado 55 golos em 70 jogos pela seleção canarinha, com a qual ainda conquistou o Mundial de 1994.
22. Paul Scholes. Um dos maiores médios de sempre da Premier League. Muitos dizem que pecou por ficar na sombra de figuras como Steven Gerrard e Frank Lampard, mas guardou um lugar neste 'top-25'.
21. Raúl. O avançado espanhol foi o primeiro jogador a alcançar 50 golos marcados na Liga dos Campeões. Por isso, o seu lugar nesta lista estava mais que reservado. É, ainda aos dias de hoje, uma das maiores figuras do futebol espanhol e, consequentemente, do Real Madrid.
20. Sergio Busquets. O talentoso médio do Barcelona tem um lugar guardado nos 25 melhores dos últimos 25 anos graças ao seu grau de excelência no meio-campo blaugrana. É a personificação de simplicidade e classe.
19. Luka Modric. O talento deste internacional croata é inegável. Talvez, por isso, tenha sido o primeiro jogador a destronar a dinastia Cristiano Ronaldo-Lionel Messi no que toca à distinção de Melhor Jogador do Mundo. Esse feito já ninguém o tira.
18. Eric Cantona. O talento sobrepõe-se ao temperamento que o ex-avançado do Manchester United manifestou durante toda a sua carreira. Para muitos, um dos melhores jogadores de sempre dos red devils.
17. Batistuta. Até ao momento, é o único futebolista a marcar um hat-trick em dois Mundiais de futebol distintos. Como não guardar um lugar nesta lista?
16. Luís Figo. O ex-internacional português contou com passagens por Sporting e Inter, mas foi em Barcelona e Madrid, ao serviço do Real, onde conquistou grande parte dos troféus que dão beleza ao seu palmarés pessoal.
15. Wayne Rooney. Uma das maiores figuras do futebol inglês e do Manchester United. Pelos red devils, foram 253 golos num total de 559 jogos realizados. Troféus? Também conquistou 'alguns': 19 para sermos mais precisos, entre eles uma Liga dos Campeões.
14. Kaká. Viveu os melhores anos da carreira ao serviço dos italianos do Milan, que valeram-lhe uma transferência para o Real Madrid. Atualmente, mantém o facto de ter sido o último brasileiro a conquistar uma Bola de Ouro. Em 2007, Kaká deixou Lionel Messi (2.º) e Cristiano Ronaldo para trás na corrida ao troféu individual mais desejado de sempre.
13. Ryan Giggs. Foram mais de 900 jogos pelo Manchester United e vários títulos conquistados. Uma das figuras dos red devils e do País de Gales.
12. Fabio Cannavaro. Quando ninguém esperava, venceu a Bola de Ouro em 2006, depois de ter conquistado o Mundial de seleções, após bater a França na final do torneio. Um feito que poucos imaginavam na altura.
11. Rivaldo. O golo que apontou de bicicleta ao Valencia, em 2001, quando representava o Barcelona será para sempre lembrado como um dos grandes momentos do avançado brasileiro. Contudo, seria injusto referir que consta na lista apenas por esse momento de inspiração.
10. Baggio. Um dos maiores talentos italianos. Pena o momento em que falhou um penálti diante do Brasil, na final do Mundial de 1994, que deu o título à canarinha. Marcou em três Mundiais de seleções distintos. É obra.
9. Paolo Maldini. 24 anos de puro amor pelo AC Milan. Com a camisola rossoneri, foram várias as conquistas em mais de 900 jogos, entre as quais a conquista de três Ligas dos Campeões.
8. Iniesta. Um 'mago' que abrilhantava os relvados pode onde jogava. Será eternamente lembrado pelos espanhóis pelo golo que marcou na final do Mundial de 2010, diante da Holanda.
7. Xavi. A eterna companhia de Iniesta no meio-campo do Barcelona e da seleção espanhola. Passe, drible, remate e visão de jogo não faltavam a este grande médio. Certamente uma das grandes figuras do futebol espahol dos últimos tempos.
6. Thierry Henry. O avançado francês entrou para a história dos melhores jogadores do Arsenal, ao ajudar o clube a conquistar o título de 2003/04 sem qualquer derrota. Conquistou ainda um Mundial de seleções, em 1998.
5. Ronaldinho Gaúcho. O craque brasileiro era a definição de talento em pessoa. Um manjar para o olhar atento (ou não) de qualquer amante de futebol. Capaz dos dribles mais ininmagináveis.
4. Ronaldo Nazário. Um dos melhores avançados de sempre do futebol brasileiro. Espalhou talento e deixou muitos golos por onde passou (Barcelona, Real Madrid e Inter, sobretudo).
3. Zidane. A elegância em movimento. Espalhava perfume pelos relvados. Juventus, Real Madrid e a seleção francesa bem que podem agradecer por verem tão de perto uma das maiores figuras do futebol mundial dos últimos 25 anos.
2. Cristiano Ronaldo. Uma verdadeira máquina. O exemplo de dedicação, trabalho e muito talento. A passagem pelo Real Madrid, onde marcou 450 golos em... 436 jogos. Em termos de títulos coletivos e individuais é também um 'extraterrestre': Liga dos Campeões (5), Campeonato da Europa (1), Bola de Ouro (5)... e por aí fora.
1. Lionel Messi. Um dos melhores jogadores de sempre do Barcelona, se não o melhor. Ao serviço dos blaugrana, o avançado argentino já registou 603 golos num total de 687. Números estratosféricos, que humanos não atingiriam com tanta facilidade.
25. Gianluigi Buffon. Depois de uma passagem fugaz pelo Paris Saint-Germain, o guarda-redes italiano está de volta à Juventus, clube que já representou por 656 ocasiões.
24. Sergio Ramos. O defesa-central espanhol é uma figura de marca do Real Madrid. Ao serviço da formação merengue já conquistou, no total, quatro Ligas dos Campeões.
23. Romário. Uma das maiores figuras de sempre do futebol brasileiro, tendo marcado 55 golos em 70 jogos pela seleção canarinha, com a qual ainda conquistou o Mundial de 1994.
22. Paul Scholes. Um dos maiores médios de sempre da Premier League. Muitos dizem que pecou por ficar na sombra de figuras como Steven Gerrard e Frank Lampard, mas guardou um lugar neste 'top-25'.
21. Raúl. O avançado espanhol foi o primeiro jogador a alcançar 50 golos marcados na Liga dos Campeões. Por isso, o seu lugar nesta lista estava mais que reservado. É, ainda aos dias de hoje, uma das maiores figuras do futebol espanhol e, consequentemente, do Real Madrid.
20. Sergio Busquets. O talentoso médio do Barcelona tem um lugar guardado nos 25 melhores dos últimos 25 anos graças ao seu grau de excelência no meio-campo blaugrana. É a personificação de simplicidade e classe.
19. Luka Modric. O talento deste internacional croata é inegável. Talvez, por isso, tenha sido o primeiro jogador a destronar a dinastia Cristiano Ronaldo-Lionel Messi no que toca à distinção de Melhor Jogador do Mundo. Esse feito já ninguém o tira.
18. Eric Cantona. O talento sobrepõe-se ao temperamento que o ex-avançado do Manchester United manifestou durante toda a sua carreira. Para muitos, um dos melhores jogadores de sempre dos red devils.
17. Batistuta. Até ao momento, é o único futebolista a marcar um hat-trick em dois Mundiais de futebol distintos. Como não guardar um lugar nesta lista?
16. Luís Figo. O ex-internacional português contou com passagens por Sporting e Inter, mas foi em Barcelona e Madrid, ao serviço do Real, onde conquistou grande parte dos troféus que dão beleza ao seu palmarés pessoal.
15. Wayne Rooney. Uma das maiores figuras do futebol inglês e do Manchester United. Pelos red devils, foram 253 golos num total de 559 jogos realizados. Troféus? Também conquistou 'alguns': 19 para sermos mais precisos, entre eles uma Liga dos Campeões.
14. Kaká. Viveu os melhores anos da carreira ao serviço dos italianos do Milan, que valeram-lhe uma transferência para o Real Madrid. Atualmente, mantém o facto de ter sido o último brasileiro a conquistar uma Bola de Ouro. Em 2007, Kaká deixou Lionel Messi (2.º) e Cristiano Ronaldo para trás na corrida ao troféu individual mais desejado de sempre.
13. Ryan Giggs. Foram mais de 900 jogos pelo Manchester United e vários títulos conquistados. Uma das figuras dos red devils e do País de Gales.
12. Fabio Cannavaro. Quando ninguém esperava, venceu a Bola de Ouro em 2006, depois de ter conquistado o Mundial de seleções, após bater a França na final do torneio. Um feito que poucos imaginavam na altura.
11. Rivaldo. O golo que apontou de bicicleta ao Valencia, em 2001, quando representava o Barcelona será para sempre lembrado como um dos grandes momentos do avançado brasileiro. Contudo, seria injusto referir que consta na lista apenas por esse momento de inspiração.
10. Baggio. Um dos maiores talentos italianos. Pena o momento em que falhou um penálti diante do Brasil, na final do Mundial de 1994, que deu o título à canarinha. Marcou em três Mundiais de seleções distintos. É obra.
9. Paolo Maldini. 24 anos de puro amor pelo AC Milan. Com a camisola rossoneri, foram várias as conquistas em mais de 900 jogos, entre as quais a conquista de três Ligas dos Campeões.
8. Iniesta. Um 'mago' que abrilhantava os relvados pode onde jogava. Será eternamente lembrado pelos espanhóis pelo golo que marcou na final do Mundial de 2010, diante da Holanda.
7. Xavi. A eterna companhia de Iniesta no meio-campo do Barcelona e da seleção espanhola. Passe, drible, remate e visão de jogo não faltavam a este grande médio. Certamente uma das grandes figuras do futebol espahol dos últimos tempos.
6. Thierry Henry. O avançado francês entrou para a história dos melhores jogadores do Arsenal, ao ajudar o clube a conquistar o título de 2003/04 sem qualquer derrota. Conquistou ainda um Mundial de seleções, em 1998.
5. Ronaldinho Gaúcho. O craque brasileiro era a definição de talento em pessoa. Um manjar para o olhar atento (ou não) de qualquer amante de futebol. Capaz dos dribles mais ininmagináveis.
4. Ronaldo Nazário. Um dos melhores avançados de sempre do futebol brasileiro. Espalhou talento e deixou muitos golos por onde passou (Barcelona, Real Madrid e Inter, sobretudo).
3. Zidane. A elegância em movimento. Espalhava perfume pelos relvados. Juventus, Real Madrid e a seleção francesa bem que podem agradecer por verem tão de perto uma das maiores figuras do futebol mundial dos últimos 25 anos.
2. Cristiano Ronaldo. Uma verdadeira máquina. O exemplo de dedicação, trabalho e muito talento. A passagem pelo Real Madrid, onde marcou 450 golos em... 436 jogos. Em termos de títulos coletivos e individuais é também um 'extraterrestre': Liga dos Campeões (5), Campeonato da Europa (1), Bola de Ouro (5)... e por aí fora.
1. Lionel Messi. Um dos melhores jogadores de sempre do Barcelona, se não o melhor. Ao serviço dos blaugrana, o avançado argentino já registou 603 golos num total de 687. Números estratosféricos, que humanos não atingiriam com tanta facilidade.
25. Gianluigi Buffon. Depois de uma passagem fugaz pelo Paris Saint-Germain, o guarda-redes italiano está de volta à Juventus, clube que já representou por 656 ocasiões.
24. Sergio Ramos. O defesa-central espanhol é uma figura de marca do Real Madrid. Ao serviço da formação merengue já conquistou, no total, quatro Ligas dos Campeões.
23. Romário. Uma das maiores figuras de sempre do futebol brasileiro, tendo marcado 55 golos em 70 jogos pela seleção canarinha, com a qual ainda conquistou o Mundial de 1994.
22. Paul Scholes. Um dos maiores médios de sempre da Premier League. Muitos dizem que pecou por ficar na sombra de figuras como Steven Gerrard e Frank Lampard, mas guardou um lugar neste 'top-25'.
21. Raúl. O avançado espanhol foi o primeiro jogador a alcançar 50 golos marcados na Liga dos Campeões. Por isso, o seu lugar nesta lista estava mais que reservado. É, ainda aos dias de hoje, uma das maiores figuras do futebol espanhol e, consequentemente, do Real Madrid.
20. Sergio Busquets. O talentoso médio do Barcelona tem um lugar guardado nos 25 melhores dos últimos 25 anos graças ao seu grau de excelência no meio-campo blaugrana. É a personificação de simplicidade e classe.
19. Luka Modric. O talento deste internacional croata é inegável. Talvez, por isso, tenha sido o primeiro jogador a destronar a dinastia Cristiano Ronaldo-Lionel Messi no que toca à distinção de Melhor Jogador do Mundo. Esse feito já ninguém o tira.
18. Eric Cantona. O talento sobrepõe-se ao temperamento que o ex-avançado do Manchester United manifestou durante toda a sua carreira. Para muitos, um dos melhores jogadores de sempre dos red devils.
17. Batistuta. Até ao momento, é o único futebolista a marcar um hat-trick em dois Mundiais de futebol distintos. Como não guardar um lugar nesta lista?
16. Luís Figo. O ex-internacional português contou com passagens por Sporting e Inter, mas foi em Barcelona e Madrid, ao serviço do Real, onde conquistou grande parte dos troféus que dão beleza ao seu palmarés pessoal.
15. Wayne Rooney. Uma das maiores figuras do futebol inglês e do Manchester United. Pelos red devils, foram 253 golos num total de 559 jogos realizados. Troféus? Também conquistou 'alguns': 19 para sermos mais precisos, entre eles uma Liga dos Campeões.
14. Kaká. Viveu os melhores anos da carreira ao serviço dos italianos do Milan, que valeram-lhe uma transferência para o Real Madrid. Atualmente, mantém o facto de ter sido o último brasileiro a conquistar uma Bola de Ouro. Em 2007, Kaká deixou Lionel Messi (2.º) e Cristiano Ronaldo para trás na corrida ao troféu individual mais desejado de sempre.
13. Ryan Giggs. Foram mais de 900 jogos pelo Manchester United e vários títulos conquistados. Uma das figuras dos red devils e do País de Gales.
12. Fabio Cannavaro. Quando ninguém esperava, venceu a Bola de Ouro em 2006, depois de ter conquistado o Mundial de seleções, após bater a França na final do torneio. Um feito que poucos imaginavam na altura.
11. Rivaldo. O golo que apontou de bicicleta ao Valencia, em 2001, quando representava o Barcelona será para sempre lembrado como um dos grandes momentos do avançado brasileiro. Contudo, seria injusto referir que consta na lista apenas por esse momento de inspiração.
10. Baggio. Um dos maiores talentos italianos. Pena o momento em que falhou um penálti diante do Brasil, na final do Mundial de 1994, que deu o título à canarinha. Marcou em três Mundiais de seleções distintos. É obra.
9. Paolo Maldini. 24 anos de puro amor pelo AC Milan. Com a camisola rossoneri, foram várias as conquistas em mais de 900 jogos, entre as quais a conquista de três Ligas dos Campeões.
8. Iniesta. Um 'mago' que abrilhantava os relvados pode onde jogava. Será eternamente lembrado pelos espanhóis pelo golo que marcou na final do Mundial de 2010, diante da Holanda.
7. Xavi. A eterna companhia de Iniesta no meio-campo do Barcelona e da seleção espanhola. Passe, drible, remate e visão de jogo não faltavam a este grande médio. Certamente uma das grandes figuras do futebol espahol dos últimos tempos.
6. Thierry Henry. O avançado francês entrou para a história dos melhores jogadores do Arsenal, ao ajudar o clube a conquistar o título de 2003/04 sem qualquer derrota. Conquistou ainda um Mundial de seleções, em 1998.
5. Ronaldinho Gaúcho. O craque brasileiro era a definição de talento em pessoa. Um manjar para o olhar atento (ou não) de qualquer amante de futebol. Capaz dos dribles mais ininmagináveis.
4. Ronaldo Nazário. Um dos melhores avançados de sempre do futebol brasileiro. Espalhou talento e deixou muitos golos por onde passou (Barcelona, Real Madrid e Inter, sobretudo).
3. Zidane. A elegância em movimento. Espalhava perfume pelos relvados. Juventus, Real Madrid e a seleção francesa bem que podem agradecer por verem tão de perto uma das maiores figuras do futebol mundial dos últimos 25 anos.
2. Cristiano Ronaldo. Uma verdadeira máquina. O exemplo de dedicação, trabalho e muito talento. A passagem pelo Real Madrid, onde marcou 450 golos em... 436 jogos. Em termos de títulos coletivos e individuais é também um 'extraterrestre': Liga dos Campeões (5), Campeonato da Europa (1), Bola de Ouro (5)... e por aí fora.
1. Lionel Messi. Um dos melhores jogadores de sempre do Barcelona, se não o melhor. Ao serviço dos blaugrana, o avançado argentino já registou 603 golos num total de 687. Números estratosféricos, que humanos não atingiriam com tanta facilidade.
A revista 'Four Four Two' escolheu os melhores 25 futebolistas dos últimos 25 anos. Entre as variadíssimas escolhas, destaque para a presença de dois jogadores portugueses numa lista recheada de talento e muitas, muitas conquistas. [Imagens:
5
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
5
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.