Real Madrid investe forte e feio em médios mas nem sempre com sucesso

Thomas Gravesen (3,5 milhões de euros): Conhecido pela sua agressividade, foi contratado na era dos galáticos na temporada 2004-2005, acabando por sair do clube por se ter 'embrulhado' com Robinho num treino. Realizou 35 partidas pelos merengues
Javi García (4,5 milhões de euros): Formado no Real Madrid, foi para o Osasuna e foi 'repescado' depois de uma boa campanha. Acabou por não jogar e foi vendido ao Benfica por 7 milhões de euros
De La Red (4,5 milhões de euros): Voltou ao Real proveniente do Getafe, e venceu o Euro 2008 ao serviço da Espanha. Militou por três temporadas ao serviço da equipa principal, mas um problema de saúde obrigou-o a terminar a carreira aos 24 anos
Pablo García (5,5 milhões de euros): Foi contratado por Florentino Pérez após uma grande partida frente aos blancos ao serviço do Osasuna. Nunca se adaptou e fez apenas 26 jogos antes de ser emprestado ao Celta e ao Murcia
Casemiro (7,5 milhões): Foi emprestado ao FC Porto em 2014 por uma temporada, e 'obrigou' os madrilenos a pagar aos dragões para poderem voltar a contar com os seus serviços. Soma 54 partidas pelos merengues, é titular indiscutível e já venceu uma Champions
Sami Khedira (10 milhões de euros): Destacou-se pela Alemanha no Mundial 2010, e apesar de ser peça importante, nunca cumpriu por completo o que dele se esperava. Terminou contrato em 2015 e assinou pela Juventus
Nuri Sahin (12 milhões de euros): Foi contratado ao Borussia Dortmund em 2010 e não convenceu José Mourinho. Jogou 10 encontros, foi emprestado ao Liverpool e acabou por voltar ao Dortmund. Assinou esta época pelo Werder Bremen
Lucas Silva (15 milhões): Contratado ao Cruzeiro em 2015, nunca se adaptou. Foi emprestado ao Marselha e voltou ao clube brasileiro, onde ainda permanece cedido pelos espanhóis
Emerson (16 milhões de euros): Destacou-se no Leverkusen, na Roma e na Juventus, mas não singrou ao serviço dos espanhóis. Chegou tocado de um joelho e ainda se recusou a ser substituído durante uma partida. Realizou 34 encontros
Fernando Gago (20 milhões de euros): Rotulado de grande promessa, ficou aquém das expetativas, tendo marcado apenas um golo em cinco anos e 121 partidas.
Lass Diarra (20 milhões de euros): Chegou a Madrid em 2008, proveniente do Portsmouth, mas nunca se conseguiu impor totalmente. Realizou 87 partidas pelos madrilenos, e saiu para os russos do Anzhi
Mahamadou Diarra (26 milhões de euros): Peça fulcral no Lyon em França, não teve o mesmo efeito no Bernabéu. Ainda assim, realizou 90 partidas e ganhou dois campeonatos, uma supertaça e uma Taça do Rei
Xabi Alonso (30 milhões de euros): Um dos melhores médios a atuar pelo Real Madrid, foi contratado ao Liverpool em 2009. Participou em 236 jogos em seis anos e transferiu-se para o Bayern Munique
Illarramendi (38,9 milhões de euros): Chegou para substituir Xabi Alonso, mas não cumpriu o seu potencial. Foi contratado à Real Sociedad, clube para o qual voltou passado duas temporadas
Michael Essien (empréstimo do Chelsea): Chegou emprestado pelo clube londrino a pedido de José Mourinho. Apenas realizou 20 partidas e os merengues não exercerem a opção de compra
Thomas Gravesen (3,5 milhões de euros): Conhecido pela sua agressividade, foi contratado na era dos galáticos na temporada 2004-2005, acabando por sair do clube por se ter 'embrulhado' com Robinho num treino. Realizou 35 partidas pelos merengues
Javi García (4,5 milhões de euros): Formado no Real Madrid, foi para o Osasuna e foi 'repescado' depois de uma boa campanha. Acabou por não jogar e foi vendido ao Benfica por 7 milhões de euros
De La Red (4,5 milhões de euros): Voltou ao Real proveniente do Getafe, e venceu o Euro 2008 ao serviço da Espanha. Militou por três temporadas ao serviço da equipa principal, mas um problema de saúde obrigou-o a terminar a carreira aos 24 anos
Pablo García (5,5 milhões de euros): Foi contratado por Florentino Pérez após uma grande partida frente aos blancos ao serviço do Osasuna. Nunca se adaptou e fez apenas 26 jogos antes de ser emprestado ao Celta e ao Murcia
Casemiro (7,5 milhões): Foi emprestado ao FC Porto em 2014 por uma temporada, e 'obrigou' os madrilenos a pagar aos dragões para poderem voltar a contar com os seus serviços. Soma 54 partidas pelos merengues, é titular indiscutível e já venceu uma Champions
Sami Khedira (10 milhões de euros): Destacou-se pela Alemanha no Mundial 2010, e apesar de ser peça importante, nunca cumpriu por completo o que dele se esperava. Terminou contrato em 2015 e assinou pela Juventus
Nuri Sahin (12 milhões de euros): Foi contratado ao Borussia Dortmund em 2010 e não convenceu José Mourinho. Jogou 10 encontros, foi emprestado ao Liverpool e acabou por voltar ao Dortmund. Assinou esta época pelo Werder Bremen
Lucas Silva (15 milhões): Contratado ao Cruzeiro em 2015, nunca se adaptou. Foi emprestado ao Marselha e voltou ao clube brasileiro, onde ainda permanece cedido pelos espanhóis
Emerson (16 milhões de euros): Destacou-se no Leverkusen, na Roma e na Juventus, mas não singrou ao serviço dos espanhóis. Chegou tocado de um joelho e ainda se recusou a ser substituído durante uma partida. Realizou 34 encontros
Fernando Gago (20 milhões de euros): Rotulado de grande promessa, ficou aquém das expetativas, tendo marcado apenas um golo em cinco anos e 121 partidas.
Lass Diarra (20 milhões de euros): Chegou a Madrid em 2008, proveniente do Portsmouth, mas nunca se conseguiu impor totalmente. Realizou 87 partidas pelos madrilenos, e saiu para os russos do Anzhi
Mahamadou Diarra (26 milhões de euros): Peça fulcral no Lyon em França, não teve o mesmo efeito no Bernabéu. Ainda assim, realizou 90 partidas e ganhou dois campeonatos, uma supertaça e uma Taça do Rei
Xabi Alonso (30 milhões de euros): Um dos melhores médios a atuar pelo Real Madrid, foi contratado ao Liverpool em 2009. Participou em 236 jogos em seis anos e transferiu-se para o Bayern Munique
Illarramendi (38,9 milhões de euros): Chegou para substituir Xabi Alonso, mas não cumpriu o seu potencial. Foi contratado à Real Sociedad, clube para o qual voltou passado duas temporadas
Michael Essien (empréstimo do Chelsea): Chegou emprestado pelo clube londrino a pedido de José Mourinho. Apenas realizou 20 partidas e os merengues não exercerem a opção de compra
Thomas Gravesen (3,5 milhões de euros): Conhecido pela sua agressividade, foi contratado na era dos galáticos na temporada 2004-2005, acabando por sair do clube por se ter 'embrulhado' com Robinho num treino. Realizou 35 partidas pelos merengues
Javi García (4,5 milhões de euros): Formado no Real Madrid, foi para o Osasuna e foi 'repescado' depois de uma boa campanha. Acabou por não jogar e foi vendido ao Benfica por 7 milhões de euros
De La Red (4,5 milhões de euros): Voltou ao Real proveniente do Getafe, e venceu o Euro 2008 ao serviço da Espanha. Militou por três temporadas ao serviço da equipa principal, mas um problema de saúde obrigou-o a terminar a carreira aos 24 anos
Pablo García (5,5 milhões de euros): Foi contratado por Florentino Pérez após uma grande partida frente aos blancos ao serviço do Osasuna. Nunca se adaptou e fez apenas 26 jogos antes de ser emprestado ao Celta e ao Murcia
Casemiro (7,5 milhões): Foi emprestado ao FC Porto em 2014 por uma temporada, e 'obrigou' os madrilenos a pagar aos dragões para poderem voltar a contar com os seus serviços. Soma 54 partidas pelos merengues, é titular indiscutível e já venceu uma Champions
Sami Khedira (10 milhões de euros): Destacou-se pela Alemanha no Mundial 2010, e apesar de ser peça importante, nunca cumpriu por completo o que dele se esperava. Terminou contrato em 2015 e assinou pela Juventus
Nuri Sahin (12 milhões de euros): Foi contratado ao Borussia Dortmund em 2010 e não convenceu José Mourinho. Jogou 10 encontros, foi emprestado ao Liverpool e acabou por voltar ao Dortmund. Assinou esta época pelo Werder Bremen
Lucas Silva (15 milhões): Contratado ao Cruzeiro em 2015, nunca se adaptou. Foi emprestado ao Marselha e voltou ao clube brasileiro, onde ainda permanece cedido pelos espanhóis
Emerson (16 milhões de euros): Destacou-se no Leverkusen, na Roma e na Juventus, mas não singrou ao serviço dos espanhóis. Chegou tocado de um joelho e ainda se recusou a ser substituído durante uma partida. Realizou 34 encontros
Fernando Gago (20 milhões de euros): Rotulado de grande promessa, ficou aquém das expetativas, tendo marcado apenas um golo em cinco anos e 121 partidas.
Lass Diarra (20 milhões de euros): Chegou a Madrid em 2008, proveniente do Portsmouth, mas nunca se conseguiu impor totalmente. Realizou 87 partidas pelos madrilenos, e saiu para os russos do Anzhi
Mahamadou Diarra (26 milhões de euros): Peça fulcral no Lyon em França, não teve o mesmo efeito no Bernabéu. Ainda assim, realizou 90 partidas e ganhou dois campeonatos, uma supertaça e uma Taça do Rei
Xabi Alonso (30 milhões de euros): Um dos melhores médios a atuar pelo Real Madrid, foi contratado ao Liverpool em 2009. Participou em 236 jogos em seis anos e transferiu-se para o Bayern Munique
Illarramendi (38,9 milhões de euros): Chegou para substituir Xabi Alonso, mas não cumpriu o seu potencial. Foi contratado à Real Sociedad, clube para o qual voltou passado duas temporadas
Michael Essien (empréstimo do Chelsea): Chegou emprestado pelo clube londrino a pedido de José Mourinho. Apenas realizou 20 partidas e os merengues não exercerem a opção de compra
O Real Madrid tem uma tendência natural para gastar milhões em jogadores, algo que pode ser comprovado com os 213,7 milhões de euros investidos em médios, desde a saída de Claude Makélélé em 2003. Alguns singraram, outros nem por isso...

(Fontes: Lusa, Reuters, EPA, Marca, Record, Getty Images)
2
Deixe o seu comentário

Pub

Publicidade
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias

Fotogalerias

Fotogalerias

Sporting

Fotogalerias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.