Record

Bebidas vegetais: a solução para quem não pode (ou não quer) beber leite

• Foto: Jorge Miguel Gonçalves

Olá a todos, correu bem a vossa semana?

Esta semana, como tem vindo a ser hábito desde o início do ano, e tendo em conta que tenho recebido muitos emails vossos, vou falar sobre mais um tema que surgiu como dúvida de um leitor. Esta semana vamos falar sobre bebidas vegetais!

Para além de ter sido uma dúvida colocada por um leitor, escrevo devido à pertinência que este tema assume neste momento com a escolha que cada vez mais pessoas fazem com a desistência do consumo de leite de origem animal. Por esse motivo, a indústria alimentar explora cada vez mais este mercado sendo crescente o aumento do consumo e de marcas de bebidas vegetais.

Pessoas com alergias à proteína do leite, intolerantes à lactose (apesar de haver inúmeras marcas com leite sem lactose), vegetarianos (vegans ou não consumidores de proteína do leite) ou indivíduos que simplesmente querem retirar produtos lácteos da sua alimentação, já podem contar com várias bebidas vegetais, em vez da tradicional bebida de soja, que muitas vezes era a única opção disponível.

Este tipo de bebidas caracteriza-se por ter uma consistência mais cremosa e adocicada, e tornaram-se uma opção como substitutos do leite de vaca por poderem fazer as mesmas combinações, consumindo, por exemplo adicionando café, batida com frutas ou mesmo utilizando-as na elaboração de preparações (como doces ou bolos, por exemplo).

Composição nutricional

Contudo, e aqui é que reside a parte importante desta semana, no que diz respeito à sua composição nutricional, não são, nem de perto, nem de longe, equivalentes ou substitutos do leite de vaca, já que a sua composição é completamente diferente, apresentando menor teor proteico e maior quantidade de gordura ou hidratos de carbono, dependendo da sua origem. Por este motivo, a introdução destas bebidas na alimentação obriga a uma adequação da dieta, de forma a que se consiga equilibrar a ingestão de proteína, controlando a sua ingestão com outas fontes de proteína animal ou vegetal nas refeições ao longo do dia.

Olhar para a lista de ingredientes

Por isto, e tendo em conta que já existem cada vez mais alternativas de bebidas vegetais no mercado, como escolher a melhor ou mais indicada para nós? O que se deve procurar?

Em primeiro lugar devemos olhar para a lista de ingredientes, esse é o passo fundamental e crítico para fazer uma boa escolha. Quando se olha para esta lista, o primeiro ingrediente deve ser água e o segundo deverá ser o cereal, fruto, grão ou semente de que é feita. Muitas vezes é utilizado mais do que um ingrediente, principalmente o arroz para ajudar a criar a polpa da bebida vegetal. Ou seja, não achem estranho encontrar uma bebida vegetal em que haja uma combinação e que diga ser de amêndoa e encontrar arroz na sua constituição, como segundo ingrediente, seguido da amêndoa.

Isto é importante ter em conta já que há um ingrediente que não queremos encontrar: açúcar! A maioria das bebidas vegetais disponíveis no mercado são extremamente açucaradas, sendo que como segundo ingrediente aparece, muitas vezes, o açúcar em vez do alimento que deu origem à bebida em si. Isto deve ser evitado ao máximo. Oura questão são todas as substâncias que tenham como objetivo alterar a textura da bebida vegetal como emulsionantes ou espessantes. A verdade é que uma bebida vegetal que contenha na sua constituição a quantidade suficiente de cereal, leguminosa, fruta, tem consistência suficiente, e não ficará aguada, prescindindo de todas estas substâncias.

Assim, ao longo da semana vou dar-vos exemplos de algumas bebidas vegetais que existem no mercado e espero que, com a informação que vos dei, já consigam fazer uma escolha mais acertada do que antes desta leitura.

Mas lembrem-se que cada caso é um caso, devem sempre consultar um nutricionista que avalie as vossas características e adapte o consumo de bebida vegetal à vossa alimentação, se é essa a escolha que pretendem fazer.

Até para a semana!

Por Inês Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Nutrição

As dietas ioiô

Relação entre as oscilações do peso e a prevalência de diabetes e doenças cardiovasculares

Notícias

Notícias Mais Vistas