Ronaldo vai a tribunal mas faz pedido especial para a sua entrada

Português vai esta terça-feira à capital espanhola declarar-se culpado por quatro delitos fiscais

• Foto: Reuters

Cristiano Ronaldo solicitou formalmente ao tribunal onde esta terça-feira terá de comparecer, em Madrid, para não entrar pela porta da frente e aceder às instalações pela garagem. Segundo o jornal 'El Mundo', o pedido foi apresentado por escrito e foi justificado com "questões de segurança".

Ronaldo pediu ao tribunal que adote todas as medidas "que considere oportunas" no sentido de preservar a sua integridade física.

Recorde-se que Messi passou por uma situação parecida em junho de 2016. O craque do Barcelona foi ouvido num tribunal em Barcelona, não não conseguiu evitar a porta de entrada. Chegou acompanhado pelo pai e pelo irmão num carro do Barcelona e foi escoltado por seguranças do clube. Sempre debaixo de forte pressão mediática.

Cristiano Ronaldo vai sentar-se no banco dos réus para se declarar culpado por quatro delitos fiscais, pelos quais já aceitou a pena de dois anos de prisão (que não terá de cumprir), bem como o pagamento de 18,8 milhões de euros.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de O diário de CR7

Notícias

Notícias Mais Vistas