Cristiano Ronaldo e o cartão amarelo que o tira do próximo jogo: «Esqueci-me. É a emoção do jogo»

Avançado admite que poderá levar uma 'dura' de Fernando Santos

Com os dois golos apontados à República da Irlanda, que deram o triunfo a Portugal na qualificação para o Mundial'2022, Cristiano Ronaldo tornou-se esta quarta-feira no maior marcador de sempre ao nível de seleções nacionais.

Após a partida, quando falava aos microfones da Sport TV, o avançado foi confrontado sobre qual o próximo recorde a perseguir e respondeu de forma curiosa. "Não sei... Não sei o que é que há ainda para bater. Mas o que eu mais quero é continuar a jogar, sinto-me motivado e ainda com forças para poder dar espetáculo mais uns três, quatro, cinco anos", disse CR7.

O capitão da Seleção abordou ainda o episódio do cartão amarelo visto na celebração, que o tira do próximo jogo de apuramento de Portugal. "Esqueci-me. É a emoção do jogo. Se calhar o mister vai-me dar uma dura, mas não faz mal. O importante foi ajudar a equipa. Peço desculpa, mas as emoções falam mais alto."

Posteriormente, à TNT Brasil, CR7 reafirmou a vontade de bater este recorde e revelou o que sentiu após o penálti desperdiçado. "Era um recorde que queria muito bater. Depois de ter falhado o penalti, fiquei ali 10 minutos um bocadinho triste mas o futebol é isto. Temos de acreditar até ao fim. Os adeptos ajudaram-nos bastante mas prevalece o trabalho da equipa que acreditou até ao fim", disse.

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de O diário de CR7

Notícias

Notícias Mais Vistas