Ex-presidente da Juventus aponta "erro absoluto" de contratar Ronaldo: «Um milhão por golo»

Giovanni Cobolli defende saída do português no final da temporada

• Foto: Reuters

Giovanni Cobolli, presidente da Juventus entre 2006 e 2009, juntou-se ao coro de críticas a Cristiano Ronaldo após a eliminação da Juventus na Liga dos Campeões frente ao FC Porto. 

O antigo líder do emblema de Turim sublinha que o internacional português teve um "apagão" na eliminatória com os dragões e considera que a Juventus não deveria ter apostado em CR7 no verão de 2018. "Contratar Cristiano Ronaldo foi um erro absoluto. Disse-o desde o primeiro dia. É um grande jogador, um campeão, mas demasiado caro. Agora está tudo nas mãos da Juventus, que lhe paga um milhão de euros por cada golo que marca", afirmou Cobolli, à rádio Punto Nuovo.

"Agora a Juventus precisa de uma reconstrução e deveria prescindir de Cristiano Ronaldo no final da época", acrescentou o antigo presidente da Vecchia Signora.

«De rei a enigma»: futuro de Cristiano Ronaldo em destaque na imprensa desportiva italiana

Por Record
27
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de O diário de CR7

Notícias

Notícias Mais Vistas